Liturgia Diária – 3º Domingo do Advento (11/12/2022)

Liturgia Diária

Liturgia Diária do 3º Domingo do Advento, 11 de dezembro de 2022.

Leia a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho e Salmo do dia. Receba a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Is 35, 1-6a.10)

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

1Alegre-se a terra que era deserta e intransitável, exulte a solidão e floresça como um lírio. 2Germine e exulte de alegria e louvores. Foi-lhe dada a glória do Líbano, o esplendor do Carmelo e de Saron; seus habitantes verão a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus.

3Fortalecei as mãos enfraquecidas e firmai os joelhos debilitados. 4Dizei às pessoas deprimidas: “Criai ânimo, não tenhais medo! Vede, é vosso Deus, é a vingança que vem, é a recompensa de Deus; é ele que vem para nos salvar”.

5Então se abrirão os olhos dos cegos e se descerrarão os ouvidos dos surdos. 6aO coxo saltará como um cervo e se desatará a língua dos mudos.

10Os que o Senhor salvou voltarão para casa. Eles virão a Sião cantando louvores, com infinita alegria brilhando em seus rostos; cheios de gozo e contentamento, não mais conhecerão a dor e o pranto.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 145 (146)

Vinde, Senhor, para salvar o vosso povo!

— O Senhor é fiel para sempre, faz justiça aos que são oprimidos; ele dá alimento aos famintos, é o Senhor quem liberta os cativos.

— O Senhor abre os olhos aos cegos, o Senhor faz erguer-se o caído, o Senhor ama aquele que é justo, é o Senhor que protege o estrangeiro.

— Ele ampara a viúva e o órfão, mas confunde os caminhos dos maus. O Senhor reinará para sempre! Ó Sião, o teu Deus reinará!

2ª Leitura

Segunda Leitura (Tg 5, 7-10)

Leitura da Carta de São Tiago:

Irmãos: 7Ficai firmes até à vinda do Senhor. Vede o agricultor: ele espera o precioso fruto da terra e fica firme até cair a chuva do outono ou da primavera. 8Também vós, ficai firmes e fortalecei vossos corações, porque a vinda do Senhor está próxima. 9Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para que não sejais julgados. Eis que o juiz está às portas. 10Irmãos, tomai por modelo de sofrimento e firmeza os profetas, que falaram em nome do Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quarta-feira (21/02/2024)

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Mt 11,2-11)

— Aleluia! Aleluia! Aleluia!

— O Espírito do Senhor sobre mim fez a sua unção, enviou-me aos empobrecidos a fazer feliz proclamação! Is 61,1 (Lc 4,18)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 2João estava na prisão. Quando ouviu falar das obras de Cristo, enviou-lhe alguns discípulos, 3para lhe perguntarem: “És tu aquele que há de vir ou devemos esperar um outro?”

4Jesus respondeu-lhes: “Ide contar a João o que estais ouvindo e vendo: 5os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são curados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados. 6Feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!”

7Os discípulos de João partiram, e Jesus começou a falar às multidões sobre João: “O que fostes ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? 😯 que fostes ver? Um homem vestido com roupas finas? Mas os que vestem roupas finas estão nos palácios dos reis.

9Então, o que fostes ver? Um profeta? Sim, eu vos afirmo, e alguém que é mais do que profeta. 10É dele que está escrito: ‘Eis que envio o meu mensageiro à tua frente; ele vai preparar o teu caminho diante de ti’. 11Em verdade vos digo, de todos os homens que já nasceram, nenhum é maior do que João Batista. No entanto, o menor no Reino dos Céus é maior do que ele”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

Reflexão da Liturgia Diária

Por que São João Batista enviou seus discípulos a Jesus para fazer esta pergunta? Lembre-se de que João havia declarado anteriormente sobre Jesus: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29). Então, se João sabia que Jesus era o “Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”, então por que ele enviaria seus discípulos para perguntar a Jesus se Ele é aquele que havia de vir?

Os Pais da Igreja exploram muitas razões, mas a maioria chega à conclusão de que João fez isso não porque ele não sabia quem era Jesus, mas por causa de seus discípulos, para que eles viessem a seguir nosso Senhor quando João fosse morto por Herodes. Portanto, esta foi uma maneira de tentar apontar seus discípulos para Jesus e incentivá-los a abraçar essa nova mudança em sua vida de fé.

Jesus entendeu a razão pela qual João enviou seus discípulos a Ele. Como resultado, Jesus deu a esses discípulos o que eles precisavam para que eles mesmos passassem a acreditar. Ele os aponta para as obras que Ele fez como o Cristo para que eles possam interpretar essas obras por conta própria e, assim, chegar à novidade da fé. Jesus aponta que os cegos recuperam a visão, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados e os pobres recebem as boas novas. Quem poderia argumentar com tais sinais milagrosos do céu? Mas Jesus vai ainda mais longe e afirma algo muito sutil. Ele diz: “E bem-aventurado aquele que não se ofender comigo”. Esta linha parece ser uma maneira pela qual Jesus repreendeu gentilmente esses discípulos pelo que parece ser sua própria luta pessoal com essa mudança de líderes espirituais. Jesus identificou uma certa “ofensa” com a qual eles estavam lidando. Eles ficaram “ofendidos” pelo fato de que Jesus estava realmente crescendo enquanto João estava diminuindo.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

De muitas maneiras, essa é uma experiência comum sempre que há uma mudança em nossa vida espiritual. Quando algo é novo, muitas vezes lutamos com vários aspectos da mudança e da novidade. Mas a vida cristã é toda sobre mudança, transformação e novidade de vida. E isso é bom. Devemos buscar mudar, ser transformados, construir relacionamentos novos e melhores, aprender novas maneiras de amar e estender a mão, e ficar muito à vontade com toda e qualquer nova experiência que nosso Senhor coloca em nossas vidas.

Reflita, hoje, sobre como você lutou com as mudanças em sua vida espiritual. Muitas vezes, as coisas com as quais lutamos são, na verdade, oportunidades gloriosas de viver nossa fé cristã e caridade em um novo nível. Busque as mudanças que Deus está chamando você para abraçar em sua vida e saiba que mesmo que sejam difíceis, elas são o caminho mais seguro para uma vida de maior santidade para você.

Oração do Dia

Querido Senhor, sei que me chamas para abraçar a novidade de vida e as mudanças que devo suportar para seguir-te com mais fidelidade. Ajude-me a estar aberto a tudo o que você me chama para que eu me torne continuamente uma nova criação em sua graça. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo um rito que traz uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.