Liturgia Diária – 3º Domingo do Advento (17/12/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Domingo, 17 de dezembro de 2023.

Receba diariamente a Liturgia Diária Comentada dos Católicos em nosso portal. Acompanhe as Leituras de Evangelho do dia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Is 61,1-2a.10-11)

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

1 O espírito do Senhor está sobre mim, porque o Senhor me ungiu; enviou-me para dar a boa-nova aos humildes, curar as feridas da alma, pregar a redenção para os cativos e a liberdade para os que estão presos; 2a para proclamar o tempo da graça do Senhor.

10 Exulto de alegria no Senhor e minh’alma regozija-se em meu Deus; ele me vestiu com as vestes da salvação, envolveu-me com o manto da justiça e adornou-me como um noivo com sua coroa ou uma noiva com suas joias.

11 Assim como a terra faz brotar a planta e o jardim faz germinar a semente, assim o Senhor Deus fará germinar a justiça e a sua glória diante de todas as nações.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório Lc 1,46-48.49-50.53-54 (R. Is 61,10b)

— A minh’alma se alegra no meu Deus.

— A minha alma engrandece ao Senhor, e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador, pois ele viu a pequenez de sua serva, desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

— O Poderoso fez por mim maravilhas. E Santo é o seu nome! Seu amor, de geração em geração, chega a todos que o respeitam.

— De bens saciou os famintos, e despediu os ricos sem nada. Acolheu Israel, seu servidor, fiel ao seu amor.

2ª Leitura

Segunda Leitura (1Ts 5,16-24)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses:

Irmãos: 16 Estai sempre alegres! 17 Rezai sem cessar. 18 Dai graças em todas as circunstâncias, porque essa é a vosso respeito a vontade de Deus em Jesus Cristo.

19 Não apagueis o espírito! 20 Não desprezeis as profecias, 21 mas examinai tudo e guardai o que for bom. 22 Afastai-vos de toda espécie de maldade! 23 Que o próprio Deus da paz vos santifique totalmente, e que tudo aquilo que sois — espírito, alma e corpo — seja conservado sem mancha alguma para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo! 24 Aquele que vos chamou é fiel; ele mesmo realizará isso.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Jo 1,6-8.19-28)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— O Espírito do Senhor sobre mim fez a sua unção, enviou-me aos empobrecidos a fazer feliz proclamação. Is 61,1 (Lc 4,18)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

6 Surgiu um homem enviado por Deus; seu nome era João. 7 Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8 Ele não era a luz, mas veio dar testemunho da luz. 19 Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: “Quem és tu?”

20 João confessou e não negou. Confessou: “Eu não sou o Messias”.

21 Eles perguntaram: “Quem és então? És tu Elias?” João respondeu: “Não sou”. Eles perguntaram: “És profeta?” Ele respondeu: “Não”.

22 Perguntaram então: “Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?” 23 João declarou: “Eu sou a voz que grita no deserto: ‘Aplainai o caminho do Senhor’” — conforme disse o profeta Isaías.

24 Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus 25 e perguntaram: “Por que então andas batizando, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?”

26 João respondeu: “Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis, 27 e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias”.

28 Isto aconteceu em Betânia, além do Jordão, onde João estava batizando.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Quarta-feira (21/02/2024)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Na passagem acima, São João Batista cita Isaías 40:3: “Uma voz proclama: No deserto preparai o caminho do SENHOR! Abram direto no deserto uma estrada para o nosso Deus!” Esta foi uma profecia de Isaías que falava sobre o retorno dos judeus exilados da Babilônia de volta a Jerusalém. Normalmente, as pessoas viajariam pelas rotas bem irrigadas da Mesopotâmia a Israel. Essas rotas eram mais seguras que o deserto e forneciam a comida e a água necessárias para a viagem. Mas Isaías profetizou que os exilados judeus percorreriam o caminho mais curto – através do deserto – e que Deus proveria as suas necessidades durante essa viagem. Tal jornada exigiu muita confiança na providência de Deus.

João Batista, ao citar Isaías, aplica esta profecia a si mesmo. Ele foi chamado para clamar no deserto e apontar as pessoas diretamente para o Messias. Foi no deserto que eles descobririam o seu Salvador.

Em primeiro lugar, João clama no “deserto”. Sua mensagem é para aqueles que experimentam aridez, miséria, necessidade e perda na vida devido ao pecado. A sua mensagem de arrependimento é primeiramente para aqueles que estão sem o alimento espiritual que Deus deseja conceder-lhes através da graça. A mensagem de João é dirigida àqueles que veem humildemente a difícil situação que enfrentam na vida e reconhecem a necessidade da Água Viva do Salvador do Mundo.

Segundo, este novo caminho “reto” implica que muitos não estão trilhando o caminho direto para Cristo. Em vez disso, estão fazendo desvios desnecessários na vida. A mensagem de João chama todos ao caminho direto do arrependimento dos seus pecados, para que possam chegar à fé em Cristo Jesus.

Terceiro, caminhar pelo deserto para encontrar Cristo requer confiança na providência de Deus. É preciso coragem para fazer essa jornada. Confiar na providência contínua de Deus, que promete satisfazer todas as nossas necessidades, é fundamental. Ninguém caminharia direto pelo deserto se não confiasse em seu guia.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

O Advento é um tempo para reexaminar o caminho que você está trilhando. Você está tentando encontrar seu próprio caminho para a felicidade? Você está confiando em suas próprias habilidades, em sua própria inteligência e em seu próprio plano para o futuro? Se sim, então ouça a “voz daquele que clama no deserto”. Ouça São João falar com você, chamando-o à simplicidade do deserto, a um maior desapego de todas as coisas, ao abandono de tudo o que não é de Deus e a uma confiança mais voluntária na providência de Deus para conduzi-lo. .

Reflita hoje sobre esse chamado do deserto e ouça a mensagem que Deus está falando com você, pessoalmente. Abandone todas as preocupações mundanas, arrependa-se do pecado, confie Nele e saia ao seu encontro para que você possa chegar mais rápida e facilmente a uma fé mais profunda em nosso Senhor durante este período do Advento.

Oração do Dia

Meu amoroso Senhor, você está aí, esperando por mim na escuridão e na secura do meu pecado. Você está esperando que eu me conduza e me guie nos muitos desafios que enfrento na vida. Por favor, dê-me a coragem e a sabedoria que preciso para confiar em você o suficiente para segui-lo onde quer que você me leve. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A palavra “liturgia” já era comum nos tempos antigos, mas foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser usada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos a seguir.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é dividida em 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, podem haver duas ou mais Leituras também.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.