Liturgia Diária – 6ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (15/02/2023)

Salmo do Dia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 6ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2023.

Leia diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Receba a reflexão do Evangelho do Dia em nosso site e acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Gênesis 8, 6-13.20-22

Leitura do Livro do Gênesis:

6Passados quarenta dias, Noé abriu a janela, que tinha feito na arca, e soltou um corvo, 7que ficou revoando, até que secassem as águas sobre a terra. 8Soltou, também, uma pomba para ver se as águas tinham baixado sobre a face da terra. 9Mas a pomba, não achando onde pousar, voltou para junto dele na arca; porque as águas ainda cobriam a superfície de toda a terra. Noé estendeu a mão para fora, apanhou a pomba e recolheu-a na arca. 10Esperou, então, mais sete dias e soltou de novo a pomba. 11Pela tardinha, ela voltou, e eis que trazia no bico um ramo de oliveira com as folhas verdes. Assim, Noé compreendeu que as águas tinham cessado de cobrir a terra. 12Esperou ainda sete dias, e soltou a pomba, que não voltou mais. 13Foi no ano seiscentos e um da vida de Noé, no primeiro dia do primeiro mês, que as águas se retiraram da terra. Noé abriu o teto da arca, olhou e viu que toda a superfície da terra estava seca. 20Então Noé construiu um altar ao Senhor e, tomando animais e aves de todas as espécies puras, ofereceu holocaustos sobre o altar. 21O Senhor aspirou o agradável odor e disse consigo mesmo: ‘Nunca mais tornarei a amaldiçoar a terra por causa do homem, pois as inclinações do seu coração são más desde a juventude. Não tornarei, também, a ferir todos os seres vivos, como fiz. 22Enquanto a terra durar, plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite, jamais hão de acabar’.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 115 (116B)

– Oferto ao Senhor um sacrifício de louvor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sábado (18/05/2024)

– Que poderei retribuir ao Senhor Deus por tudo aquilo que ele fez em meu favor? Elevo o cálice da minha salvação, invocando o nome santo do Senhor.

– Vou cumprir minhas promessas ao Senhor na presença de seu povo reunido. É sentida por demais pelo Senhor a morte de seus santos, seus amigos.

– Vou cumprir minhas promessas ao Senhor na presença de seu povo reunido; nos átrios da casa do Senhor, em teu meio, ó cidade de Sião!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 8, 22-26

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Que o Pai do Senhor Jesus Cristo vos dê do saber o espírito, para que conheçais a esperança, reservada para vós como herança! (Ef 1,17s);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

Naquele tempo: 22Jesus e seus discípulos chegaram a Betsaida. Algumas pessoas trouxeram-lhe um cego e pediram a Jesus que tocasse nele. 23Jesus pegou o cego pela mão, levou-o para fora do povoado, cuspiu nos olhos dele, colocou as mãos sobre ele, e perguntou: ‘Estás vendo alguma coisa?’ 24O homem levantou os olhos e disse: ‘Estou vendo os homens. Eles parecem árvores que andam.’ 25Então Jesus colocou de novo as mãos sobre os olhos dele e ele passou a enxergar claramente. Ficou curado, e enxergava todas as coisas com nitidez. 26Jesus mandou o homem ir para casa, e lhe disse: ‘Não entres no povoado!’

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Betsaida era uma das cidades ao norte do Mar da Galiléia em que Jesus pregou. Mais tarde, em Seu ministério público, Jesus condenou a cidade de Betsaida por não ter se convertido. “Ai de ti, Corozaim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se tivessem sido feitos em Tiro e em Sidônia os milagres que foram feitos em vosso meio, há muito tempo elas se teriam arrependido sob o cilício e a cinza” (Mateus 11:21).

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (17/05/2024)

Pode ser por causa de sua falta de fé e vida imoral que Jesus conduziu o cego para fora da cidade antes de curá-lo. E parece que as pessoas que trouxeram o cego a Jesus não o trouxeram por causa de sua fé profunda, mas por curiosidade. Essa também pode ser a razão pela qual, uma vez que Jesus curou o homem, Ele o enviou para sua casa dizendo: “Não entre na aldeia”. Assim, Jesus sabia que esse milagre não levaria à fé no coração dos habitantes de Betsaida. Então, Jesus instruiu o homem a não voltar para lá.

Deus tem poder onipotente e pode claramente fazer o que quiser, sempre que quiser. E o que Ele frequentemente escolhe fazer é exercer Seu poder onipotente apenas na presença daqueles que já crêem, ou pelo menos na presença daqueles que ainda não O rejeitaram. Quando Jesus encontra pessoas que O ouviram pregar, mas falharam em chegar à fé, Ele se recusa a realizar qualquer milagre na presença delas.

O que isso nos diz é que a fé deve vir primeiro; então, o poder Todo-Poderoso de Deus flui livremente. Claro, a graça da Palavra de Deus é sempre dada a todos. A semente da santa Palavra de Deus está sempre disponível para todos. Mas é importante distinguir entre o envio de Sua santa Palavra do Evangelho e o envio de Seu poder onipotente transformador. A única maneira de receber o último é primeiro aceitar o primeiro. A menos que ouçamos, aceitemos e creiamos em Sua Palavra, não receberemos a graça de Seu poder transformador.

Dito isso, também deve ser entendido que o “poder onipotente” de Deus não pode ser reduzido apenas a milagres. Todos nós sabemos que os milagres físicos não são tão prevalentes hoje como eram na época em que Jesus andou na Terra. Mas Seu poder onipotente ainda está operando hoje; e de uma maneira ainda maior do que quando Jesus andou na Terra. Hoje, Seu poder é aquele que nos transforma interiormente pela plenitude da graça e pela concessão do Espírito Santo. Esse é o verdadeiro milagre que devemos sempre buscar e antecipar quando ouvimos a Palavra de Deus e respondemos com fé autêntica.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (16/05/2024)

Reflita, hoje, sobre sua fé e sua necessidade do poder transformador de Deus em sua vida. Você vê a fé viva dentro de você? Se assim for, você certamente encontrará o poder de Deus em sua vida e a transformação dada pelo Espírito Santo. Se você não vê esse poder da graça e da transformação interior em ação, então reflita sobre a imagem de Jesus conduzindo o cego para fora da cidade para exercer seu poder. Procure primeiro ter fé, porque se você tiver, nosso Senhor poderá permanecer perto de você e fará milagres em sua alma.

Oração do Dia

Senhor Todo-Poderoso, Você escolhe enviar Seu poder onipotente sobre aqueles que passaram a ter fé em Ti ao receber o Evangelho que Tu enviaste. Por favor, abra meus ouvidos para ouvir para que eu escolha me converter e acreditar e, assim, estar disposto a ser transformado por Sua graça abundante. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *