Liturgia Diária – 20ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (25/08/2023)

Homilia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sexta-feira, 25 de agosto de 2023.

Acompanhe a Liturgia Diária Comentada de Hoje em nosso site. Confira a Liturgia de hoje completa com as Leituras, Evangelho do dia e Oração aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Rute 1,1.3-6.14-16.22

Início do Livro de Rute:

1No tempo em que os juízes governavam, houve uma fome no país e um homem de Belém de Judá foi morar nos campos de Moab com sua mulher e seus dois filhos. 3Entretanto, morreu Elimelec, marido de Noemi, e esta ficou sozinha com seus dois filhos. 4Eles casaram-se com mulheres moabitas, uma das quais se chamava Orfa, a outra, Rute. E ali permaneceram uns dez anos. 5Depois morreram também os dois, Maalon e Quelion e a mulher ficou só, sem os dois filhos e sem o marido. 6Então ela se dispôs a voltar do campo de Moab para a sua pátria com as duas noras, porque tinha ouvido dizer que o Senhor havia olhado para o seu povo, e lhe tinha dado alimentos. 14bOrfa beijou sua sogra e partiu. Rute, porém, ficou com Noemi. 15Esta disse-lhe: ‘Olha, tua cunhada voltou para o seu povo e para os seus deuses. Vai com ela’. 16Mas Rute respondeu: ‘Não insistas comigo para que te deixe e me afaste de ti. Porque para onde fores irei contigo, onde pousares, lá pousarei eu também. Teu povo será o meu povo, e o teu Deus será o meu Deus’. 22Assim Noemi voltou dos campos de Moab, acompanhada de sua nora Rute, a moabita. Regressaram a Belém, quando começava a colheita da cevada.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 145 (146)

– Bendize, ó minha alma, ao Senhor!

– É feliz todo homem que busca seu auxílio no Deus de Jacó, e que põe no Senhor a esperança. O Senhor fez o céu e a terra, fez o mar e o que neles existe.

– Faz justiça aos que são oprimidos; ele dá alimento aos famintos, é o Senhor quem liberta os cativos.

– O Senhor abre os olhos aos cegos o Senhor faz erguer-se o caído; o Senhor ama aquele que é justo. É o Senhor quem protege o estrangeiro.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (17/05/2024)

-Ele ampara a viúva e o órfão, mas confunde os caminhos dos maus. O Senhor reinará para sempre! Ó Sião, o teu Deus reinará para sempre e por todos os séculos!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 22, 34-40

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Fazei-me conhecer vossa estrada, vossa verdade me oriente e me conduza! (SI 24,4s);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 34Os fariseus ouviram dizer que Jesus tinha feito calar os saduceus. Então eles se reuniram em grupo, 35e um deles perguntou a Jesus, para experimentá-lo: 36’Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?’ 37Jesus respondeu: ‘`Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento!’ 38Esse é o maior e o primeiro mandamento. 39O segundo é semelhante a esse: `Amarás ao teu próximo como a ti mesmo’. 40Toda a Lei e os profetas dependem desses dois mandamentos.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Estamos muito familiarizados com esta passagem acima. É a resposta de Jesus aos fariseus que vieram testar Jesus. Antes disso, um grupo de saduceus tentou armar uma armadilha para Jesus e falhou. Então agora foram os fariseus que deram o seu melhor para capturar nosso Senhor. É claro que a resposta de Jesus foi perfeita. E após a conclusão desta resposta, Jesus retribuiu o favor fazendo aos fariseus algumas perguntas que eles não conseguiram responder, e eles não ousaram fazer mais perguntas naquele momento.

Às vezes, ser desafiado por outra pessoa em questões de fé ajuda-nos, pois permite-nos esclarecer aquilo em que realmente acreditamos. Embora Jesus não precisasse de clareza para Seu próprio bem, Ele ofereceu essa clareza diante dos truques, para ajudar tanto os fariseus quanto Seus seguidores que estavam ouvindo atentamente.

Você já foi desafiado por outra pessoa sobre questões de fé? Se sim, qual foi sua resposta? Você foi capaz de responder pela inspiração e clareza dada pelo Espírito Santo? Ou você saiu confuso e incapaz de responder? Ter a nossa fé desafiada por outra pessoa resultará na nossa própria confusão ou na nossa compreensão mais profunda.

Leia mais:  Liturgia Diária – Solenidade de Pentecostes – Domingo (19/05/2024)

Ao responder a esta pergunta da maneira que Jesus fez, Ele apresentou toda a Lei dada por Moisés nos Dez Mandamentos de uma forma nova e resumida. Os três primeiros dos Dez Mandamentos têm a ver com o amor a Deus, e os últimos sete têm a ver com o amor ao próximo. O segundo mandamento que Jesus dá: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”, é uma consequência do primeiro mandamento. Como você “ama a si mesmo?” Você faz isso cumprindo o primeiro mandamento que Jesus deu: “ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento”. Quando Deus é amado acima de tudo, amar o próximo significa simplesmente que você ama a Deus, que habita no seu próximo de acordo com a maneira como Deus o ama.

Também é útil notar que é possível “amar” o próximo de uma forma contrária ao amor de Deus. Por exemplo, se o nosso amor ao próximo é expresso de uma forma contrária ao Amor de Deus, então este não é o amor verdadeiro. Digamos que o seu vizinho escolheu um estilo de vida gravemente imoral. Como você os ama com o amor de Deus? Você não diz a eles “Eu apoio você em sua vida imoral”. Fazer isso não é amor a Deus; é uma forma egoísta de amor que se preocupa mais com a forma como a pessoa responderá a você do que com sua alma eterna. A forma correta de amor para alguém que se desviou de uma forma objetivamente imoral é deixá-los saber que você os ama, mas não apoia as escolhas que estão fazendo. E embora possam responder negativamente a isto, o cuidado com a sua salvação eterna deve substituir qualquer desejo de simplesmente conviver com eles.

O amor ao próximo, às vezes, especialmente quando o “próximo” é um membro da família que se afastou de Deus, pode ser um desafio. Mas quando isso acontecer, pense na forma como os saduceus e fariseus tentavam constantemente apanhar Jesus. Ele sempre dava a resposta perfeita de amor e nunca permitia que a conversa equivocada deixasse confusão. Assim, conosco, devemos confiar na sabedoria e no amor de Deus quando amar outra pessoa é difícil. Deus deve guiar todas as nossas conversas nesse caso para que o outro saiba que é amado e para que o nosso amor não se desvie do puro amor de Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sábado (18/05/2024)

Reflita hoje sobre o alto chamado que você recebeu de amar a Deus acima de tudo e de amar o próximo com o mesmo amor que você tem por Deus. Se você acha difícil amar alguém, ore pedindo a sabedoria necessária para permanecer fiel a essa pessoa somente no amor de Deus. E se você encontrar o seu amor desafiado, confie em nosso Senhor para guiá-lo e dar-lhe as palavras que você precisa quando mais precisar delas.

Oração do Dia

Meu amoroso Senhor, Tu amas todas as pessoas com um amor perfeito e nos chama a amar a Ti de todo o coração, alma e mente. E Tu nos chama para amar os outros com o amor que Tu tem por eles. Encha meu coração com amor por Ti e por todas as pessoas, especialmente aquelas que são mais difíceis de amar. Dá-me sabedoria, querido Senhor, para saber como amar os outros em Ti, para que eles experimentem o Teu amor perfeito em suas vidas. Jesus eu confio em vós!

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo o momento de formalização da missa, mas o seu verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia diária faz com que os cristãos reflitam as palavras e procurem trazê-las para o seu dia a dia como meio de vivenciar a Palavra de Deus em suas vidas.

A liturgia vem nos trazer ensinamentos de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus. A liturgia nos mostra o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *