Liturgia Diária – Natividade da Bem-aventurada Virgem Maria, Sexta-feira (08/09/2023)

Evangelho do Dia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sexta-feira, 8 de setembro de 2023.

Receba diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Leitura da Liturgia Diária de Hoje em nosso site. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Miqueias 5, 1-4

Leitura da Profecia de Miquéias:

Assim diz o Senhor: 1Tu, Belém de Éfrata, pequenina entre os mil povoados de Judá, de ti há de sair aquele que dominará em Israel; sua origem vem de tempos remotos, desde os dias da eternidade. 2Deus deixará seu povo ao abandono, até ao tempo em que uma mãe der à luz; e o resto de seus irmãos se voltará para os filhos de Israel. 3Ele não recuará, apascentará com a força do Senhor e com a majestade do nome do Senhor seu Deus; os homens viverão em paz, pois ele agora estenderá o poder até aos confins da terra, 4e ele mesmo será a Paz.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 70 (71)

Salmo 12 (13)

– Exulto de alegria no Senhor.

– Sois meu apoio desde antes que eu nascesse, desde o seio maternal, o meu amparo: para vós o meu louvor eternamente!

– Uma vez que confiei no vosso amor, meu coração, por vosso auxílio, rejubile, e que eu vos cante pelo bem que me fizestes!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 1, 1-16.18-23

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Sois feliz, Virgem Maria, e mereceis todo louvor, pois de vós se levantou o sol brilhante da justiça, que é Cristo, nosso Deus, pelo qual nós fomos salvos!

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

1Livro da origem de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. 2Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó; Jacó gerou Judá e seus irmãos. 3Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar. Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram; 4Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson; Naasson Gerou Salmon; 5Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab. Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute. Obed gerou Jessé. 6Jessé gerou o rei Davi. Davi gerou Salomão, daquela que tinha sido a mulher de Urias. 7Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias; Abias gerou Asa; 8Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão; Jorão gerou Ozias; 9Ozias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz; Acaz gerou Ezequias; 10Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon; Amon gerou Josias. 11Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no tempo do exílio na Babilônia. 12Depois do exílio na Babilônia, Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel; 13Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim; Eliaquim gerou Azor; 14Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim; Aquim gerou Eliud; 15Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Mató; Mató gerou Jacó. 16Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. 18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 22Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23″Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quarta-feira (17/04/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Hoje comemoramos um dos aniversários mais importantes da história do mundo! Certamente, o único aniversário mais importante é o do próprio nosso divino Senhor. Mas hoje honramos Sua mãe e nossa mãe também.

A Bem-Aventurada Virgem Maria nasceu em nosso mundo sem a mancha do pecado original. Ela foi preservada de experimentar a natureza humana caída através do dom da sua Imaculada Conceição. Assim, ela foi a primeira a nascer na perfeição da natureza humana após a queda, e continuou a experimentar esta graça ao longo da sua vida, respondendo a Deus com o seu livre arbítrio a cada passo do caminho.

Todos nós gostamos de comemorar nossos aniversários. Especialmente as crianças adoram, mas quase todo mundo anseia por aquele dia especial a cada ano, quando a família e os amigos os homenageiam e celebram de uma maneira especial. Por essa razão, podemos ter a certeza de que até a nossa Mãe Santíssima adorou o seu aniversário enquanto esteve aqui na terra e continua a desfrutar desta celebração especial no Céu. É claro que ela não gostou do aniversário porque queria ser mimada ou receber atenção especial. Ela, talvez mais do que qualquer outra pessoa além de seu divino Filho, regozijou-se em seu aniversário por causa da profunda gratidão espiritual que tinha a Deus por tudo o que Ele fez em sua vida.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

Tente ponderar o coração e a alma de nossa Mãe Santíssima a partir da perspectiva dela. Ela teria estado intimamente unida a cada pessoa da Santíssima Trindade durante toda a sua vida. Ela teria conhecido a Deus, vivendo em sua alma, e ficaria maravilhada com o que Deus havia feito com ela. Ela teria ponderado essas graças com profunda humildade e excepcional gratidão. Ela teria visto a sua alma e missão da perspectiva de Deus, profundamente consciente de tudo o que Ele tinha feito por ela.

Ao homenagearmos o aniversário da nossa Mãe Santíssima, é também uma oportunidade importante para cada um de nós ponderar sobre as incríveis bênçãos que Deus concedeu a cada um de nós. Não, não somos imaculados como foi Mãe Maria. Cada um de nós nasceu no pecado original e pecamos durante toda a vida. Mas as bênçãos da graça, dadas a cada um de nós, são excepcionalmente reais. Basta trabalhar para ter olhos para ver essas graças. O batismo, por exemplo, confere à alma uma transformação eterna. Embora nosso pecado às vezes possa ofuscar essa transformação, a transformação é eterna. Nossas almas estão mudadas. Somos renovados. A graça é derramada em nossos corações e nos tornamos filhos de Deus. E para a alma que é capaz de perceber as inúmeras outras maneiras pelas quais Deus concede bênçãos, a gratidão é a única resposta apropriada.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Terça-feira (16/04/2024)

Reflita hoje sobre a gloriosa celebração do aniversário da Bem-Aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus. Comece tentando se alegrar com a vida dela através dos olhos dela. Tente imaginar o que ela viu ao olhar para sua própria alma agraciada. A partir daí, procure alegrar-se, também, na sua alma. Seja grato por tudo que Deus tem feito por você. Trabalhe para ter olhos que vejam essas inúmeras graças e permita-se alegrar-se com as bênçãos de Deus junto à nossa Mãe Santíssima.

Oração do Dia

Minha querida mãe, feliz aniversário! Hoje me alegro pelo incrível presente que Deus lhe deu em sua Imaculada Conceição e nascimento em nosso mundo. Rogo para que eu possa honrá-la de maneira adequada neste dia e especialmente para compreender mais claramente a beleza de sua alma agraciada. Reze por mim para que eu também possa me alegrar com as inúmeras graças que me foram concedidas pelo nosso Deus misericordioso. Eu te amo, querida mãe. Precioso Jesus, através do coração da Bem-Aventurada Virgem Maria, confio em Ti!

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *