Liturgia Diária – Oitava da Páscoa – Segunda-feira (01/04/2024)

Salmo de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Segunda-feira, 1 de abril de 2024.

Receba diariamente a Liturgia do Dia em nosso site. Confira as Leituras das Homilias de Hoje e Evangelho do dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (At 2,14.22-32)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

No dia de Pentecostes, 14 Pedro de pé, junto com os onze apóstolos, levantou a voz e falou à multidão:

22 “Homens de Israel, escutai estas palavras: Jesus de Nazaré foi um homem aprovado por Deus, junto de vós, pelos milagres, prodígios e sinais que Deus realizou, por meio dele, entre vós. Tudo isto vós bem o sabeis. 23 Deus, em seu desígnio e previsão, determinou que Jesus fosse entregue pelas mãos dos ímpios, e vós o matastes, pregando-o numa cruz. 24 Mas Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte, porque não era possível que ela o dominasse.

25 Pois Davi dele diz: ‘Eu via sempre o Senhor diante de mim, pois está à minha direita para eu não vacilar. 26 Alegrou-se por isso meu coração e exultou minha língua e até minha carne repousará na esperança. 27 Porque não deixarás minha alma na região dos mortos nem permitirás que teu Santo experimente corrupção. 28 Deste-me a conhecer os caminhos da vida e a tua presença me encherá de alegria’.

29 Irmãos, seja-me permitido dizer com franqueza que o patriarca Davi morreu e foi sepultado e seu sepulcro está entre nós até hoje. 30 Mas, sendo profeta, sabia que Deus lhe jurara solenemente que um de seus descendentes ocuparia o trono. 31 É, portanto, a ressurreição de Cristo que previu e anunciou com as palavras: ‘Ele não foi abandonado na região dos mortos e sua carne não conheceu a corrupção’. 32 Com efeito, Deus ressuscitou este mesmo Jesus e disto todos nós somos testemunhas”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 15 (16)

— Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!

— Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: “Somente vós sois meu Senhor; Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, meu destino está seguro em vossas mãos!

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (12/04/2024)

— Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, pois se o tenho a meu lado não vacilo.

— Eis por que meu coração está em festa, minha alma rejubila de alegria, e até meu corpo no repouso está tranquilo; pois não haveis de me deixar entregue à morte, nem vosso amigo conhecer a corrupção.

— Vós me ensinais vosso caminho para a vida; junto a vós, felicidade sem limites, delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 28,8-15)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Este é o dia que o Senhor fez para nós, alegremo-nos e nele exultemos. (Sl 117)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 8 as mulheres partiram depressa do sepulcro. Estavam com medo, mas correram com grande alegria, para dar a notícia aos discípulos. 9 De repente, Jesus foi ao encontro delas, e disse: “Alegrai-vos!” As mulheres aproximaram-se, e prostraram-se diante de Jesus, abraçando seus pés.

10 Então Jesus disse a elas: “Não tenhais medo. Ide anunciar a meus irmãos que se dirijam para a Galileia. Lá eles me verão”. 11 Quando as mulheres partiram, alguns guardas do túmulo foram à cidade, e comunicaram aos sumos sacerdotes tudo o que havia acontecido. 12 Os sumos sacerdotes reuniram-se com os anciãos, e deram uma grande soma de dinheiro aos soldados, 13 dizendo-lhes: “Dizei que os discípulos dele foram durante a noite e roubaram o corpo, enquanto vós dormíeis. 14 Se o governador ficar sabendo disso, nós o convenceremos. Não vos preocupeis”.

15 Os soldados pegaram o dinheiro, e agiram de acordo com as instruções recebidas. E assim, o boato espalhou-se entre os judeus, até o dia de hoje.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

O Senhor de todos ressuscitou da sepultura, vencendo o pecado e a morte, tornando possível que todos nós compartilhássemos Sua gloriosa Ressurreição! A morte havia perdido. Satanás havia perdido. Os líderes religiosos corruptos perderam. E todos aqueles que acreditaram em Jesus agora tiveram sua esperança eterna renovada. Infelizmente, porém, aquela que foi a maior vitória alguma vez conhecida pela humanidade, uma vitória que abriu as portas da glória eterna a todos os que crêem, não pôde ser aceita pelos principais sacerdotes e pelos anciãos do povo. Eles cuidaram de Sua morte e, agora que Ele havia ressuscitado, lutaram para fazer tudo o que podiam para esconder essa verdade.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

O orgulho é difícil de superar. Quando uma pessoa professa que está certa, quando na verdade está errada, e quando é então confrontada com o seu erro, o pecado do orgulho irá inevitavelmente tentá-la a pecar ainda mais. Isto é o que vemos hoje nesta passagem do nosso Evangelho. Os principais sacerdotes e anciãos foram informados pelos soldados que quando as mulheres chegaram ao túmulo de manhã cedo, houve um grande terremoto, e eles viram um anjo do Senhor descer do céu, rolar a pedra e sentar-se nela. Quando viram isso, “os guardas ficaram abalados de medo dele e ficaram como mortos” (Mateus 28:4). E depois de ouvirem o anjo dizer às mulheres que Jesus havia ressuscitado, os guardas foram contar aos principais sacerdotes e aos anciãos.

Depois de todos os milagres e da pregação poderosa de Jesus, você pensaria que os principais sacerdotes e os anciãos teriam acreditado. Mas eles não fizeram isso. E então, depois de ouvir o testemunho desses soldados, você pensaria que eles teriam caído de joelhos, se arrependido de sua dureza de coração e passado a acreditar. Mas eles não fizeram isso. Eles dobraram seus pecados e acrescentaram pecado após pecado.

Algumas formas de pecado podem ser admitidas mais facilmente, especialmente pecados de fraqueza. Quando alguém está fraco e cai, nem sempre será fácil superar esse pecado no futuro, mas é mais fácil reconhecê-lo como pecado quando é causado pela fraqueza humana. Mas um pecado de fraqueza é muito diferente de um pecado de orgulho obstinado. O orgulho obstinado não é apenas difícil de superar, mas também de admitir. É difícil admitir o nosso pecado quando ele se baseia na nossa obstinação e orgulho. Como resultado, este tipo de pecado muitas vezes leva a outros pecados, como o engano contínuo, a manipulação e a raiva. Isto é ilustrado por estes principais sacerdotes e anciãos. Mas se você puder se humilhar e admitir seu pecado quando ele vem do orgulho, essa humildade poderá ter um efeito poderoso e transformador em sua vida.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3º Domingo da Páscoa (14/04/2024)

Reflita hoje sobre esses principais sacerdotes e anciãos do povo. Tente refletir sobre a dureza de seu coração e a triste situação em que se encontravam enquanto tentavam encobrir seu erro e pecado. Decida nunca cair nessa forma de pecado. Porém, se isso é uma luta para você, busque a humildade para que possa se libertar deste pesado fardo pela graça da Ressurreição de Nosso Senhor.

Oração do Dia

Meu Senhor ressuscitado, Tu vencestes o pecado e a morte e trouxe uma nova vida para todos os que acreditam em Ti. Dá-me a graça, querido Jesus, de nunca permitir que meu pecado de orgulho me impeça de estar aberto à ação gloriosa e transformadora que Tu desejas realizar em minha vida. Por favor, dê-me o dom da humildade para que eu possa sempre abandonar meu pecado e voltar-me para Ti. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *