Liturgia Diária – Santa Catarina de Sena (Memória), Sábado (29/04/2023)

Reflexão do Evangelho do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sábado, 29 de abril de 2023.

Leia aqui diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Homilia Diária Comentada do Evangelho. Leia agora a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Atos dos Apóstolos 9, 31-42

Leitura dos Atos dos Apóstolos:

Naqueles dias, 31a Igreja vivia em paz em toda a Judeia, Galileia e Samaria. Ela consolidava-se e progredia no temor do Senhor e crescia em número com a ajuda do Espírito Santo. 32Pedro percorria todos os lugares; e visitou também os fiéis que moravam em Lida. 33Encontrou aí um homem chamado Eneias, que estava paralítico e há oito anos jazia numa cama. 34Pedro disse-lhe: “Eneias, Jesus Cristo te cura! Levanta-te e arruma a tua cama!” Imediatamente Eneias se levantou. 35Todos os habitantes de Lida e da região do Saron viram isso e se converteram ao Senhor. 36Em Jope havia uma discípula chamada Tabita, nome que quer dizer Gazela. Eram muitas as boas obras que fazia e as esmolas que dava. 37Naqueles dias ela ficou doente e morreu. Então lavaram seu corpo e o colocaram no andar superior da casa. 38Como Lida ficava perto de Jope, e ouvindo dizer que Pedro estava lá, os discípulos mandaram dois homens com um recado: “Vem depressa até nós!” 39Pedro partiu imediatamente com eles. Assim que chegou, levaram-no ao andar superior, onde todas as viúvas foram ao seu encontro. Chorando, elas mostravam a Pedro as túnicas e mantos que Tabita havia feito quando vivia com elas. 40Pedro mandou que todos saíssem. Em seguida, pôs-se de joelhos e rezou. Depois, voltou-se para o corpo e disse: “Tabita, levanta-te!” Ela então abriu os olhos, viu Pedro e sentou-se. 41Pedro deu-lhe a mão e ajudou-a a levantar-se. Depois chamou os fiéis e as viúvas e apresentou-lhes Tabita viva. 42O fato ficou conhecido em toda a cidade de Jope, e muitos acreditaram no Senhor.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 115 (116B)

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (17/05/2024)

– Que poderei retribuir ao Senhor Deus por tudo aquilo que ele fez em meu favor?

– Que poderei retribuir ao Senhor Deus por tudo aquilo que ele fez em meu favor? Elevo o cálice da minha salvação, invocando o nome santo do Senhor.

– Vou cumprir minhas promessas ao Senhor na presença de seu povo reunido. É sentida por demais pelo Senhor a morte de seus santos, seus amigos.

– Eis que sou o vosso servo, ó Senhor, vosso servo que nasceu de vossa serva; mas me quebrastes os grilhões da escravidão! Por isso oferto um sacrifício de louvor, invocando o nome santo do Senhor.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 6, 60-69

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Senhor, tuas palavras são espírito, são vida; só tu tens palavras de vida eterna! (Jo 6,63.68);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João:

Naquele tempo, 60muitos dos discípulos de Jesus que o escutaram, disseram: “Esta palavra é dura. Quem consegue escutá-la?” 61Sabendo que seus discípulos estavam murmurando por causa disso mesmo, Jesus perguntou: “Isso vos escandaliza? 62E quando virdes o Filho do homem subindo para onde estava antes? 63O Espírito é que dá vida, a carne não adianta nada. As palavras que vos falei são espírito e vida. 64Mas entre vós há alguns que não creem”. Jesus sabia, desde o início, quem eram os que não tinham fé e quem havia de entregá-lo. 65E acrescentou: “É por isso que vos disse: ninguém pode vir a mim, a não ser que lhe seja concedido pelo Pai”. 66A partir daquele momento, muitos discípulos voltaram atrás e não andavam mais com ele. 67Então, Jesus disse aos doze: “Vós também quereis ir embora?” 68Simão Pedro respondeu: “A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. 69Nós cremos firmemente e reconhecemos que tu és o santo de Deus”.

Leia mais:  Liturgia Diária – Solenidade de Pentecostes – Domingo (19/05/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

O Evangelho de hoje conclui o belo e profundo sermão sobre o Pão da Vida (ver João 6:22–71). Quando você lê este sermão do começo ao fim, é perceptível que Jesus passa de declarações mais gerais sobre o Pão da Vida que são mais fáceis de aceitar para declarações mais específicas que são desafiadoras. Ele conclui Seu ensinamento pouco antes do Evangelho de hoje dizendo muito diretamente: “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele”. Depois que Jesus disse isso, muitos que o ouviam o deixaram e não o seguiam mais.

Geralmente, existem três atitudes comuns que as pessoas têm em relação à Santíssima Eucaristia. Uma atitude é a da fé profunda. Outra é a da indiferença. E um terceiro é o que encontramos no Evangelho de hoje: a descrença. Aqueles que se afastaram de Jesus no Evangelho de hoje o fizeram porque disseram: “Duro é este discurso; quem pode aceitá-lo?” Que grande declaração e pergunta para ponderar.

É verdade, de certa forma, que o ensinamento de Jesus sobre a Santíssima Eucaristia é uma palavra dura. “Difícil”, no entanto, não é ruim. É difícil no sentido de que a crença na Eucaristia só é possível através de uma fé que vem de uma profunda revelação interior de Deus. No caso daqueles que se afastaram de Jesus, eles ouviram Seus ensinos, mas seus corações estavam fechados ao dom da fé. Eles permaneceram presos em um nível puramente intelectual e, portanto, a ideia de comer a Carne e o Sangue do Filho de Deus era mais do que eles podiam compreender. Então, quem poderia aceitar tal declaração? Somente aqueles que ouvem nosso Senhor enquanto Ele lhes fala interiormente. É somente aquela convicção interior que vem de Deus que pode ser prova da veracidade da Santa Eucaristia.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sábado (18/05/2024)

Você acredita que quando consome o que parece ser apenas “pão e vinho”, na verdade está consumindo o próprio Cristo? Você entende este ensinamento de nosso Senhor sobre o Pão da Vida? É uma palavra difícil e um ensinamento difícil, por isso deve ser levado muito a sério. Para aqueles que não rejeitam completamente este ensinamento, há também a tentação de ser um tanto indiferente ao ensinamento. Pode facilmente ser mal interpretado como apenas um simbolismo na maneira como nosso Senhor fala. Mas o simbolismo é muito mais do que apenas simbolismo. É um ensinamento profundo, desafiador e transformador de como compartilhamos da vida divina e eterna que nosso Senhor deseja nos conceder.

Reflita, hoje, sobre quão profundamente você acredita nesta dura palavra de Jesus. O fato de ser um ditado “difícil” deve fazer com que você examine seriamente sua própria fé ou a falta dela. O que Jesus ensina é transformador. É vivificante. E quando claramente compreendido, você será desafiado a acreditar de todo o coração ou se afastar em descrença. Permita-se acreditar na Santíssima Eucaristia com todo o seu coração e você descobrirá que está acreditando em um dos mais profundos mistérios da fé.

Oração do Dia

Meu glorioso Senhor, Seu ensinamento sobre a Santíssima Eucaristia está além da compreensão humana. É um mistério tão profundo que nunca entenderemos totalmente esse dom precioso. Abra meus olhos, querido Senhor, e fale em minha mente para que eu possa ouvir Suas palavras e responder com a mais profunda fé. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, o padre ou celebrante faz, por livre interpretação, a Homilia Diária das palavras do Evangelho depois da sua leitura.

O ponto mais importante da liturgia é o Mistério Pascal que descreve a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *