Liturgia Diária – Santo Inácio de Antioquia, bispo e mártir, Terça-feira (17/10/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Terça-feira, 17 de outubro de 2023.

Receba diariamente a Liturgia Diária Comentada dos Católicos em nosso portal. Acompanhe as Leituras de Evangelho do dia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Romanos 1, 16-25

Leitura da carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: 16Eu não me envergonho do Evangelho, pois ele é uma força salvadora de Deus para todo aquele que crê, primeiro para o judeu, mas também para o grego. 17Nele, com efeito, a justiça de Deus se revela da fé para a fé, como está escrito: O justo viverá pela fé. 18Por outro lado, a ira de Deus se revela, do alto do céu, contra toda a impiedade e iniquidade dos homens que em sua iniquidade oprimem a verdade. 19Pois o que de Deus se pode conhecer é manifesto aos homens: Deus mesmo lho manifestou. 20Suas perfeições invisíveis, como o seu poder eterno e sua natureza divina, são claramente conhecidas através de suas obras, desde a criação do mundo. Assim, eles não têm desculpa 21por não ter dado glória e ação de graças a Deus como se deve, embora o tenham conhecido. Pelo contrário, enfatuaram-se em suas especulações, e seu coração insensato se obscureceu: 22alardeando sabedoria, tornaram-se ignorantes 23e trocaram a glória do Deus incorruptível por uma figura ou imagem de seres corruptíveis: homens, pássaros, quadrúpedes, répteis. 24Por isso, Deus os entregou com as paixões de seus corações a tal impureza, que eles mesmos desonram seus próprios corpos. 25Trocaram a verdade de Deus pela mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, que é bendito para sempre. – Amém.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 18 (19A)

– Os céus proclamam a glória do Senhor!

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sábado (24/02/2024)

– Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; 3o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.

– Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11, 37-41

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– A palavra do Senhor é viva e eficaz: ela julga os pensamentos e as intenções do coração (Hb 4, 12)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo: 37Enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa. 38O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. 39O Senhor disse ao fariseu: ‘Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. 40Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

É difícil imaginar Jesus chamando alguém de tolo. Mas foi exatamente isso que Ele fez. Este fariseu tinha acabado de ouvir Jesus dar uma série de ensinamentos e então convidou nosso Senhor para jantar em Sua casa, num aparente gesto de bondade. Mas à medida que a passagem se desenrola, fica claro que este fariseu não é amigo de Jesus. Em vez disso, a sua hospitalidade e bondade são um disfarce para o mal dentro da sua alma.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

Por que Jesus responde tão ferozmente, chamando o fariseu de tolo? Porque este fariseu está cheio de hipocrisia. As suas ações exteriores não brotam de um coração cheio de caridade e de fé. Em vez disso, suas ações exteriores são um espetáculo. Ele é uma fraude. Ele, como muitos fariseus, estava muito preocupado com vários rituais externos, como lavar escrupulosamente as mãos antes de comer. Ele acreditava que fazer isso era um sinal de sua santidade e proximidade de Deus. Mas não foi. Seu coração estava cheio de julgamento e justiça própria. Ele desprezava os outros e se elevava. Ao fazer isso, ele enganou os outros e até mesmo enganou a si mesmo.

A mensagem central que devemos retirar disto é que devemos concentrar-nos diligentemente naquilo que está nos nossos corações. O nosso coração, a nossa vida interior, deve florescer de amor a Deus e aos outros. Devemos colocar todos os nossos esforços no cultivo de uma vida sincera de virtude interior. Isto é feito através da oração e da humildade. A humildade abrirá nossos olhos para ver a verdade sobre quem somos. A oração nos fortalecerá para mudarmos à medida que vemos o que precisa ser mudado interiormente. Só então, quando virmos claramente a verdade sobre quem somos e confiarmos em espírito de oração na graça obtida pela oração, seremos capazes de nos tornar pessoas de verdadeira integridade e santidade. E só então a nossa santidade interior se manifestará externamente nas nossas ações.

Reflita hoje sobre estas poderosas palavras de Jesus: “Insensatos!” Não se ofenda com essas palavras; são palavras de amor de nosso Senhor. Eles são Sua tentativa feroz de acordar esse fariseu e afastá-lo de sua hipocrisia. Ouça essas palavras como se elas também fossem ditas a você. Cada um de nós pode humildemente beneficiar-se deste castigo amoroso de Jesus. Cada um de nós precisa ser humildemente transformado interiormente de forma mais plena. Deixe que as palavras de Jesus falem com você e lhe revelem as maneiras pelas quais você precisa mudar. Talvez o seu orgulho o tenha levado a uma prática interior de julgamento dos outros. Talvez isso tenha cegado você para os pecados que você precisa confessar. Se você puder ouvir estas palavras como se elas lhe fossem ditas, então o fervor de Jesus chegará até você e seus olhos se abrirão para aquilo que está em sua alma e que precisa ser mudado. Não feche os olhos para isso. Esteja aberto, seja humilde e ouça.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

Oração do Dia

Meu fervoroso Senhor, Você falou palavras de amor de muitas maneiras. Às vezes você era gentil e às vezes era firme. Por favor, dê-me a graça e a humildade que preciso para estar aberto às Suas firmes repreensões de amor. Ajude-me a ver sinceramente as maneiras pelas quais preciso mudar minha vida para que a Tua graça transforme minha vida interior, fluindo em minhas ações. Eu te amo, querido Senhor. Ajude-me a te amar mais. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A palavra “liturgia” já era comum nos tempos antigos, mas foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser usada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos a seguir.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é dividida em 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, podem haver duas ou mais Leituras também.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.