Liturgia Diária – Solenidade da Santíssima Trindade, Domingo (04/06/2023)

Evangelho de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Domingo, 4 de junho de 2023.

Confira diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho de Hoje e Oração do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Êx 34,4b-6.8-9)

Leitura do Livro do Êxodo:

Naqueles dias: 4bMoisés levantou-se, quando ainda era noite, e subiu ao monte Sinai, como o Senhor lhe havia mandado, levando consigo as duas tábuas de pedra. 5O Senhor desceu na nuvem e permaneceu com Moisés, e este invocou o nome do Senhor. 6Enquanto o Senhor passava diante dele, Moisés gritou: “Senhor, Senhor! Deus misericordioso e clemente, paciente, rico em bondade e fiel”. 8Imediatamente, Moisés curvou-se até o chão 9e, prostrado por terra, disse: “Senhor, se é verdade que gozo de teu favor, peço-te, caminha conosco; embora este seja um povo de cabeça dura, perdoa nossas culpas e nossos pecados e acolhe-nos como propriedade tua”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório Dn 3,52.53.54.55.56 (R. 52b)

— A vós louvor, honra e glória eternamente!

— Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais.

— Sede bendito, nome santo e glorioso.

— No templo santo onde refulge a vossa glória.

— E em vosso trono de poder vitorioso.

— Sede bendito, que sondais as profundezas.

— E superior aos querubins vos assentais.

— Sede bendito no celeste firmamento.

2ª Leitura

Segunda Leitura (2Cor 13,11-13)

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios:

11Irmãos: Alegrai-vos, trabalhai no vosso aperfeiçoamento, encorajai-vos, cultivai a concórdia, vivei em paz, e o Deus do amor e da paz estará convosco. 12Saudai-vos uns aos outros com o beijo santo. Todos os santos vos saúdam. 13A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Jo 3,16-18)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

16Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. 17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. 18Quem nele crê, não é condenado, mas quem não crê, já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

De todas as grandes festas que celebramos na Igreja ao longo do ano, a solenidade de hoje nos apresenta um Mistério tão profundo e transcendente que nossa eternidade será passada em perpétua contemplação. A Trindade, a vida do Pai, Filho e Espírito Santo, nunca envelhecerá, nunca será totalmente compreendida e será a causa de nossa adoração e alegria eternas. Embora a Igreja tenha usado conceitos filosóficos para explicar a Trindade, nenhum conceito ou descrição humana explicará totalmente quem é Deus. Embora possamos apontar algumas verdades gerais sobre Deus, nunca seremos capazes de descrever totalmente a essência interior, profundidade, beleza e onipotência da Trindade.

Ao considerarmos esse fato, é importante entender que a Trindade não é primeiro um mistério teológico que tentamos definir. Ao contrário, a Trindade é antes de tudo uma comunhão de Pessoas que somos convidados a conhecer. Não chegamos a conhecer a Deus principalmente por meio de dedução intelectual. Chegamos a conhecer a Deus por meio da união com Ele em oração. Embora a teologia seja excepcionalmente útil e importante, a essência de Deus está além de todo e qualquer conceito filosófico que possamos definir.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (12/04/2024)

O Pai, o Filho e o Espírito Santo são Pessoas. E como Pessoas, eles querem ser conhecidos. E querem ser conhecidos principalmente por meio de uma vida de oração profunda e íntima. Orar para Uma Pessoa, é claro, é orar para todos, já que eles são Um Deus. Mas somos, no entanto, chamados a uma relação de amor com o Pai, o Filho e o Espírito Santo. E embora nossas mentes débeis possam não ser capazes de compreender plenamente a essência de Deus, Ele nos levará cada vez mais a um conhecimento dEle, se permitirmos.

A oração geralmente começa fazendo orações, meditando nas Escrituras e ouvindo. Mas a verdadeira oração é algo muito mais profundo. A verdadeira oração é a oração contemplativa que, por fim, leva à união divina. Somente Deus pode iniciar esta forma de oração em nossas vidas, e somente Deus, através desta profunda forma de oração, pode se comunicar conosco como Ele é. Alguns dos maiores místicos de nossa Igreja, como São João da Cruz e Santa Teresa de Ávila, explicam em sua teologia mística que o conhecimento mais profundo de Deus não vem por meio de conceitos ou imagens. De fato, se desejamos obter conhecimento de Deus em Sua essência, devemos permitir que Ele purifique todo conceito de Quem Ele é, para que a pura luz de Sua essência possa ser derramada sobre nossas mentes. Esse conhecimento, dizem eles, está além do conhecimento “sobre” Deus. É o começo de um conhecimento “de” Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santo Estanislau, bispo e mártir - Memória – Quinta-feira (11/04/2024)

Reflita, hoje, sobre a Santíssima Trindade. Ao fazer isso, faça uma oração a Deus pedindo um conhecimento mais profundo e íntimo Dele. Peça a Ele para comunicar a você Seu amor divino e abrir sua mente e coração para uma compreensão mais profunda de Quem Ele é. Tente se humilhar diante do grande Mistério da vida interior de Deus. A humildade diante do Mistério de Deus significa que sabemos o quão pouco sabemos sobre Ele e quão pouco sabemos Dele. Mas essa humilde verdade o ajudará a se aproximar do relacionamento mais profundo de amor ao qual você foi chamado.

Oração do Dia

Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, por favor, atraia-me para um relacionamento de amor com Você que é um Deus e três Pessoas divinas. Que o mistério e a beleza da Tua vida se tornem cada dia mais conhecidos e amados por mim através do dom da oração mística transformadora. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *