Liturgia Diária – 17º Domingo do Tempo Comum (30/07/2023)

Salmo do Dia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Domingo, 30 de julho de 2023.

Receba diariamente a Liturgia Diária Católica em nosso site. Acompanhe o Evangelho comentado de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Reis 3, 5.7-12

Leitura do Primeiro Livro dos Reis:

Naqueles dias: 5Em Gabaon o Senhor apareceu a Salomão, em sonho, durante a noite, e lhe disse: ‘Pede o que desejas e eu to darei’. 7E Salomão disse: Senhor meu Deus, tu fizeste reinar o teu servo em lugar de Davi, meu pai. Mas eu não passo de um adolescente, que não sabe ainda como governar. 8Além disso, teu servo está no meio do teu povo eleito, povo tão numeroso que não se pode contar ou calcular. 9Dá, pois, ao teu servo, um coração compreensivo, capaz de governar o teu povo e de discernir entre o bem e o mal. Do contrário, quem poderá governar este teu povo tão numeroso?’ 10Esta oração de Salomão agradou ao Senhor. 11E Deus disse a Salomão: ‘Já que pediste estes dons e não pediste para ti longos anos de vida, nem riquezas, nem a morte de teus inimigos, mas sim sabedoria para praticar a justiça, 12vou satisfazer o teu pedido; dou-te um coração sábio e inteligente, como nunca houve outro igual antes de ti, nem haverá depois de ti.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 118 (119)

– Como eu amo, Senhor, a vossa lei, vossa palavra!

– É esta a parte que escolhi por minha herança: observar vossas palavras, ó Senhor! A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

– Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes. Venha a mim o vosso amor e viverei, porque tenho em vossa lei o meu prazer!

– Por isso amo os mandamentos que nos destes, mais que o ouro, muito mais que o ouro fino! Por isso eu sigo bem direito as vossas leis, detesto todos os caminhos da mentira.

– Maravilhosos são os vossos testemunhos, eis por que meu coração os observa! Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.

Leia mais:  Liturgia Diária – Bem-aventurado Inácio de Azevedo, presbítero, e companheiros, mártires, Memória, Quarta-feira (17/07/2024)

2ª Leitura

Segunda leitura: Romanos 8, 28-30

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: 28Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados para a salvação, de acordo com o projeto de Deus. 29Pois aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, a esses ele predestinou a serem conformes à imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos. 30E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 13, 44-52

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

-Eu te louvo, ó Pai santo, Deus do céu, Senhor da terra: os mistérios do teu reino aos pequenos, Pai, revelas! (Mt 11,25);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus à seus discípulos: 44’O Reino dos Céus é como um tesouro escondido no campo. Um homem o encontra e o mantém escondido. Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquele campo. 45O Reino dos Céus também é como um comprador que procura pérolas preciosas. 46Quando encontra uma pérola de grande valor, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquela pérola. 47O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. 48Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. 49Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, 50e lançarão os maus na fornalha de fogo. E ai, haverá choro e ranger de dentes. 51Compreendestes tudo isso?’ Eles responderam: ‘Sim.’ 52Então Jesus acrescentou: ‘Assim, pois, todo o mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas.’

Leia mais:  Liturgia Diária – São Boaventura, bispo e doutor da Igreja, Memória, Segunda-feira (15/07/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Esta parábola é a terceira das três parábolas que Jesus conta consecutivamente. A primeira compara o Reino dos Céus a um “tesouro enterrado em um campo”. Quando uma pessoa o encontra, vende tudo o que tem para comprar aquele campo. A segunda parábola compara o Reino dos Céus a um comerciante que está em busca de pérolas finas. “Ao encontrar uma pérola de grande valor, vai, vende tudo o que tem e a compra.” Em ambas as parábolas, a descoberta do Reino dos Céus é uma grande alegria. A pessoa que descobre o tesouro ou a pérola fica tão feliz que está disposta a negociar tudo o que tem para obtê-la.

A terceira dessas três parábolas, no entanto, é muito diferente. Neste caso, o Reino dos Céus é comparado a uma rede que reúne todas as pessoas no fim dos tempos e as separa, os bons dos maus. A parábola então conclui com uma imagem assustadora. Os ímpios serão lançados “na fornalha ardente, onde haverá pranto e ranger de dentes”.

No final, para aqueles que entrarem nas glórias do Céu, haverá alegria sem fim. E esse fato deve ser entendido de modo a nos atrair para essas riquezas da graça. A expectativa de tal presente deve nos motivar a buscar diligentemente as muitas graças que nosso Senhor deseja nos conceder. Mas às vezes precisamos de um pouco mais de um empurrãozinho. Podemos facilmente nos tornar complacentes em nossa vida de fé e em nossa busca pela vontade de Deus. Por essa razão, Jesus inclui a terceira parábola, descrevendo as consequências que alguns sofrerão no final dos tempos. Embora possa não ser um pensamento feliz, é um pensamento santo porque revela a justiça e o julgamento definitivos de Deus no fim dos tempos.

Você acredita na Justiça de Deus? Você acredita que Ele fará julgamento definitivo sobre aqueles que rejeitarem Sua santa vontade nesta vida? Você acredita que o Inferno é real e uma possibilidade para todos nós? Se esse pensamento for difícil de aceitar, então pode valer a pena ponderar mais em oração esta terceira parábola. Justiça e julgamento são reais. Se não estivermos totalmente motivados na vida para buscar diligentemente a glória do Reino dos Céus, devemos pelo menos enfrentar honestamente a realidade das consequências que nos aguardam.

Leia mais:  Liturgia Diária – Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo, Terça-feira (16/07/2024)

Reflita, hoje, sobre a glória, beleza e esplendor de Deus. Tente colocar seus olhos de fé no Tesouro do Reino dos Céus. Permita que esta meditação orante o inspire a fazer da obtenção do Reino dos Céus sua única missão na vida. Mas se você luta com essa alegre descoberta, não hesite em refletir sobre as possíveis consequências. O Senhor fala dessas consequências da justiça e do julgamento de Deus para o nosso bem, a fim de evitar que se tornem nossa realidade.

Oração do Dia

Meu justo Juiz, Tu vês todas as coisas e sabes todas as coisas. Você conhece meu coração por completo. Por favor, limpe-me de todo pecado e toda complacência na vida. Enche-me com um santo zelo pelo Teu Reino. Que a alegria da descoberta de Ti me motive plenamente a permanecer diligente em minha jornada para o Céu. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Nas missas, a Liturgia Diária também pode ser usada em outras celebrações da igreja, além de outros momentos como em Grupos de Orações por exemplo.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é a missa de domingo. Neste dia, os católicos devem ir à missa para cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica que diz “Ouvir Missa inteira nos domingos e festas de guarda”.

Deste modo, a Liturgia Diária é a ação do povo em uniformidade com Deus. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de palavras, gestos ou sinais.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.