Liturgia Diária – 1ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (11/01/2024)

Homilia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 11 de janeiro de 2024.

Leia a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho e Oração do dia. Receba a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Samuel 4, 1-11

Leitura do Primeiro Livro de Samuel:

1Naqueles dias, os filisteus reuniram-se para fazer guerra a Israel. Israel saiu ao encontro dos filisteus, acampando perto de Eben-Ezer, enquanto os filisteus, de sua parte, avançaram até Afec 2e puseram-se em linha de combate diante de Israel. Travada a batalha, Israel foi derrotado pelos filisteus. E morreram naquele combate, em campo aberto, cerca de quatro mil homens. 3O povo voltou ao acampamento e os anciãos de Israel disseram: “Por que fez o Senhor que hoje fôssemos vencidos pelos filisteus? Vamos a Silo buscar a arca da aliança do Senhor para que ela esteja no meio de nós e nos salve das mãos dos nossos inimigos”. 4Então o povo mandou trazer de Silo a arca da aliança do Senhor todo-poderoso, que se senta sobre querubins. Os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, acompanhavam a arca. 5Quando a arca da aliança do Senhor chegou ao acampamento, todo Israel rompeu num grande clamor, que ressoou por toda a terra. 6Os filisteus, ouvindo isso, diziam: “Que gritaria é essa tão grande no campo dos hebreus?” E souberam que a arca do Senhor tinha chegado ao acampamento. 7Os filisteus tiveram medo e disseram: “Deus chegou ao acampamento!” E lamentavam-se: 8″Ai de nós! Porque os hebreus não estavam com essa alegria nem ontem nem anteontem. Ai de nós! Quem nos salvará da mão desses deuses tão poderosos? Foram eles que afligiram o Egito com toda espécie de pragas no deserto. 9Mas coragem, filisteus, portai-vos como homens, para que não vos torneis escravos dos hebreus como eles o foram de vós! Sede homens e combatei! 10Então os filisteus lançaram-se à luta, Israel foi derrotado e cada um fugiu para a sua tenda. O massacre foi grande: do lado de Israel tombaram trinta mil homens. 11A arca de Deus foi capturada e morreram os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias.

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Barnabé Apóstolo, Terça-feira (11/06/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 43 (44)

– Libertai-nos, Senhor, pela vossa compaixão!

– Porém agora nos deixastes e humilhastes, já não saís com nossas tropas para a guerra! Vós nos fizestes recuar ante o inimigo, os adversários nos pilharam à vontade.

– De nós fizestes o escárnio dos vizinhos, zombaria e gozação dos que nos cercam; para os pagãos somos motivo de anedotas, zombam de nós a sacudir sua cabeça.

– Levantai-vos, ó Senhor, por que dormis? Despertai! Não nos deixeis eternamente! Por que nos escondeis a vossa face e esqueceis nossa opressão, nossa miséria?

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 1, 40-45

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!
– Jesus pregava a boa-nova, o reino anunciando, e curava toda espécie de doenças entre o povo (Mt 4,23);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

Naquele tempo, 40 um leproso chegou perto de Jesus e, de jolehos, pediu: “Se querer, tens o poder de curar-me”. 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero: fica curado!” 42No mesmo instante, a lepra desapareceu e ele ficou curado. 43Então Jesus o mandou logo embora, 44 falando com firmeza: “Não contes nada disso a ningué,! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!” 45 Ele foi e começou a contar e divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

Leia mais:  Liturgia Diária – 10ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (12/06/2024)

– Palavra da Salvação
– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Se chegarmos ao nosso divino Senhor com fé, se nos ajoelharmos diante dele e lhe apresentarmos a nossa necessidade, então também receberemos a mesma resposta dada a este leproso: “Eu quero. Seja purificado.” Estas palavras devem nos dar esperança em meio a todo e qualquer desafio da vida.

O que é que nosso Senhor deseja para você? E o que é que Ele deseja limpar em sua vida? Esta história do leproso vindo a Jesus não significa que nosso Senhor concederá todo e qualquer pedido que Lhe apresentarmos. Em vez disso, revela que Ele deseja nos purificar daquilo que mais nos aflige. A lepra nesta história deve ser vista como um símbolo dos males espirituais que afligem a sua alma. Em primeiro lugar, deve ser visto como um símbolo do pecado em sua vida que se tornou habitual e aos poucos causa grandes danos à sua alma.

Naquela época, a lepra não só causava graves danos físicos às pessoas, mas também tinha o efeito de isolá-las da comunidade. Eles tiveram que viver separados de outras pessoas que não tinham a doença; e se chegassem perto de outras pessoas, tinham que demonstrar que eram leprosos por meio de certos sinais externos, para que as pessoas não entrassem em contato com eles. Assim, a lepra tinha ramificações pessoais e comunitárias.

O mesmo acontece com muitos pecados habituais. O pecado prejudica a nossa alma, mas também afeta os nossos relacionamentos. Por exemplo, uma pessoa que é habitualmente dura, crítica, sarcástica ou algo semelhante experimentará os efeitos nocivos destes pecados nos seus relacionamentos.

Voltando à afirmação de Jesus acima, considere aquele pecado que mais afeta não apenas a sua alma, mas também os seus relacionamentos. Para esse pecado, Jesus deseja dizer a você: “Seja purificado”. Ele quer fortalecer o seu relacionamento purificando o pecado da sua alma. E tudo o que Ele precisa para fazer isso é que você se volte para Ele de joelhos e apresente seu pecado a Ele. Isto é especialmente verdadeiro no Sacramento da Reconciliação.

Leia mais:  Liturgia Diária – 10ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (10/06/2024)

Reflita hoje sobre seus relacionamentos mais próximos na vida. E então considere qual dos seus pecados prejudica mais diretamente esses relacionamentos. Não importa o que venha à sua mente, você pode ter certeza de que Jesus quer livrá-lo daquela lepra espiritual que existe dentro da sua alma.

Oração do Dia

Meu divino Senhor, ajude-me a ver o que há dentro de mim que mais prejudica meu relacionamento com os outros. Ajude-me a ver aquilo que causa isolamento e dor. Dá-me a humildade para ver isso e a confiança que preciso para recorrer a Ti para confessar e buscar a Tua cura. Você e somente você pode me libertar do meu pecado, então me volto para Ti com confiança e rendição. Com fé, também aguardo Tuas palavras de cura: “Eu quero. Seja purificado.” Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo um rito que traz uma certa formalização da missa, mas o verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia vem para fazer com que os cristãos reflitam as palavras e busquem trazê-las para a sua vida e para os seu dia a dia como forma de viver a Palavra de Deus não apenas na missa mas também na vida cotidiana.

A liturgia vem mostrar o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A liturgia vem nos trazer orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *