Liturgia Diária – 20ª Semana do Tempo Comum, Sábado (26/08/2023)

Homilia de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sábado, 26 de agosto de 2023.

Receba a Liturgia do Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Homilia Diária Hoje do evangelho e Oração do dia. Leia aqui a Liturgia de hoje no site Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Rute 2, 1-3.8-11; 4,13-17

Leitura do Livro de Rute:

1Noemi tinha um parente por parte do marido, homem poderoso e muito rico, da família de Elimelec, chamado Booz. 2Rute, a moabita, disse à sua sogra: ‘Permite que eu vá ao campo apanhar espigas, onde possa encontrar quem se mostre clemente para comigo’. Noemi respondeu: ‘Vai, minha filha’. 3Rute foi, pois, colher espigas num campo atrás dos ceifeiros. Aconteceu que aquele era justamente o campo de Booz, parente de Elimelec. 8E Booz disse a Rute: ‘Ouve, minha filha, não vás apanhar espigas a outro campo, e não te afastes daqui, mas junta-te às minhas servas. 9Observa onde estão ceifando e vai atrás delas; pois ordenei aos meus servos que ninguém te moleste. Quando tiveres sede, vai aos cântaros e bebe da água de que bebem os meus servos’. 10Então Rute, caindo-lhe aos pés, inclinou-se profundamente e disse: ‘como pude encontrar graça a teus olhos, e te dignaste fazer caso de mim, uma mulher estrangeira?’ 11Respondeu-lhe Booz: ‘Contaram-me tudo o que fizeste por tua sogra, depois da morte de teu marido: como deixaste teus pais e a terra onde nasceste, e vieste para um povo que antes não conhecias’. 4,13Então Booz tomou Rute e recebeu-a como esposa. Uniu-se a ela e o Senhor concedeu-lhe a graça de conceber e dar à luz um filho. 14As mulheres diziam a Noemi: ‘Bendito seja o Senhor, que não permitiu que faltasse um sucessor à tua família e quis que o seu nome se conservasse em Israel, 15para que tenhas quem console a tua alma e te sustente na velhice, porque nasceu um menino de tua nora, que te ama e é para ti melhor que sete filhos’. 16E Noemi tomou o menino, colocou-o no colo, e serviu-lhe de ama. 17As vizinhas congratulavam-se com ela, dizendo: ‘Nasceu um filho a Noemi!’, e deram-lhe o nome de Obed. Ele foi o pai de Jessé, pai de Davi.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 127 (128)

– Será assim abençoado todo aquele que respeita o Senhor.

– Feliz és tu se temes o Senhor e trilhas seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos hás de viver, serás feliz, tudo irá bem!

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Sábado (22/06/2024)

– A tua esposa é uma videira bem fecunda no coração da tua casa; os teus filhos são rebentos de oliveira ao redor de tua mesa.

– Será assim abençoado todo homem que teme o Senhor. O Senhor te abençoe de Sião, cada dia de tua vida.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 23, 1-12

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Vós tendes um só Pai, que está no céu, vossa guia é um somente, é o Messias (Mt 23,9s)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 1Jesus falou às multidões e a seus discípulos: 2’Os mestres da Lei e os fariseus têm autoridade para interpretar a Lei de Moisés. 3Por isso, deveis fazer e observar tudo o que eles dizem. Mas não imiteis suas ações! Pois eles falam e não praticam. 4Amarram pesados fardos e os colocam nos ombros dos outros, mas eles mesmos não estão dispostos a movê-los, nem sequer com um dedo. 5Fazem todas as suas ações só para serem vistos pelos outros. Eles usam faixas largas, com trechos da Escritura, na testa e nos braços, e põem na roupa longas franjas. 6Gostam de lugar de honra nos banquetes e dos primeiros lugares nas sinagogas; 7Gostam de ser cumprimentados nas praças públicas e de serem chamados de Mestre. 8Quanto a vós, nunca vos deixeis chamar de Mestre, pois um só é vosso Mestre e todos vós sois irmãos. 9Na terra, não chameis a ninguém de pai, pois um só é vosso Pai, aquele que está nos céus. 10Não deixeis que vos chamem de guias, pois um só é o vosso Guia, Cristo. 11Pelo contrário, o maior dentre vós deve ser aquele que vos serve. 12Quem se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado.’

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Se você planejasse o futuro ideal para si mesmo, como seria? Imagine se você não estivesse limitado por orçamento ou recursos. Imagine se você pudesse escolher fazer o que quisesse, ir a qualquer lugar que quisesse e desfrutar de qualquer atividade que quisesse. Imagine a melhor experiência que você poderia ter. O que seria aquilo? A maioria das pessoas pensaria imediatamente em entregar-se aos maiores prazeres imagináveis. Uma vida com as acomodações mais luxuosas, a melhor comida, as mais belas paisagens e os momentos mais relaxantes e agradáveis ​​possíveis. Mas seria esse realmente o “futuro ideal para você?”

Leia mais:  Liturgia Diária – Memória de São Luís Gonzaga, religioso, Sexta-feira (21/06/2024)

A passagem do Evangelho acima é muito clara. A grandeza é encontrada no serviço. A exaltação só é desfrutada por meio da humildade. O estilo de vida ideal é aquele repleto de indulgência, entretenimento, luxo e assim por diante? Certamente não. A vida ideal, a maior vida, a vida mais exaltada é a vida do serviço mais humilde possível aos outros. Isso é essencialmente o que Jesus nos diz nesta passagem. Você acredita nisso?

Observe que Jesus usa as palavras “maior” e “deve” na mesma frase. Essas duas palavras são bastante definitivas. Não há ninguém maior que o “maior”, e o caminho para essa grandeza exige, sem exceção, que o maior seja um servo de todos os demais. De muitas maneiras, esta verdade desafia a maioria das concepções humanas de grandeza. Na maioria das vezes, se alguém é considerado “ótimo”, então é servido e tratado com uma honra e respeito que a maioria não recebe. Por exemplo, se você convidasse alguém de grande importância para jantar em sua casa, provavelmente você serviria essa pessoa. É claro que o serviço neste contexto é muito mais do que servir mesas ou fornecer uma refeição. Embora essa seja uma maneira abençoada de servir aos outros e de expressar amor, o conceito de serviço de Jesus vai muito além disso. Como servimos como alguém que é verdadeiramente grande? Fazemos isso especialmente humilhando-nos. A humildade é a maior forma de serviço que podemos prestar ao outro.

Jesus foi, sem dúvida, a pessoa mais humilde que já existiu. Somente Sua mãe participou perfeitamente desta santa virtude. A humildade permite à pessoa romper com todas as tendências egoístas e direcionar o seu amor para o bem do outro. Jesus fez isso primeiro ao encarnar-se no ventre de Sua querida mãe. O Filho Eterno de Deus não se tornou homem porque isso de alguma forma O beneficiou de uma forma egocêntrica. Ele fez isso porque nos amou e Sua Encarnação nos beneficiou. O Filho de Deus não permitiu que outros zombassem dele, ridicularizassem-no e, por fim, assassinassem-no porque isso de alguma forma O beneficiava. Ele fez isso para que pudesse entrar na morte e destruí-la para que pudéssemos ressuscitar com Ele. Ele fez isso por nós. E poderíamos ler cada passagem dos Evangelhos e ver que tudo o que Jesus fez foi feito pelos outros e nunca por um desejo egoísta. Este serviço abnegado que nosso Senhor oferecia todos os dias era fruto da incrível humildade que Ele viveu. Jesus fez tudo o que fez por amor aos outros e com humildade para trazer salvação e transformação às suas almas eternas.

Leia mais:  Liturgia Diária – 11ª Semana do Tempo Comum, Quinta-feira (20/06/2024)

Em nossas vidas, precisamos fazer uma escolha fundamental. Vou viver para mim? Ou vou viver para os outros? Parece que muito poucas pessoas vivem plenamente para os outros. É difícil tirar os olhos de nós mesmos e direcioná-los apenas para o bem dos outros. Mas se percebermos que viver para os outros é também o caminho para a nossa própria grandeza e exaltação final, então tudo se tornará muito mais fácil. Servir aos outros, especialmente de uma forma espiritual, através da qual você faz tudo o que pode para ajudá-los a se aproximarem de Deus, é o que o tornará grande. Nada mais pode fazer isso. Acredite nisso e viva isso.

Reflita hoje sobre uma vida de verdadeira grandeza. Reflita, especialmente, sobre como você pode viver uma vida assim. Como você pode servir aos outros de maneira mais completa? Como você pode fazer da santidade deles seu objetivo principal? Como você pode ajudar outras pessoas a crescer no amor a Deus? Humilhe-se e desvie os olhos de você mesmo para os outros. Fazer isso fará uma diferença eterna para os outros e também para você mesmo.

Oração do Dia

Meu exaltado Senhor, Tu és exaltado muito acima de todos os outros. Você é a própria grandeza. A vida que você viveu, querido Senhor, foi uma das maiores humildades. Mas foi nesta humildade que Tu realizaste a salvação do mundo. Ajude-me a imitar a Sua grandeza, fazendo do serviço aos outros a minha missão mais central na vida. Eu te amo, meu Senhor. Que eu possa amar e servir os outros com você. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como o momento formal da missa católica. Mas seu verdadeiro significado é fazer com que os cristãos reflitam as palavras e praticar seus ensinamentos no dia a dia.

A liturgia nos mostra o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, trazendo orientações de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *