Liturgia Diária – 22º Domingo do Tempo Comum (28/08/2022)

Liturgia Diária

Liturgia Diária do 22º Domingo do Tempo Comum, 28 de agosto de 2022.

Confira todos os dias a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Acompanhe as Leituras, o Salmo do dia e o Evangelho Hoje com reflexão. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Eclo 3,19-21.30-31)

Leitura do Livro do Eclesiástico:

19Filho, realiza teus trabalhos com mansidão e serás amado mais do que um homem generoso. 20Na medida em que fores grande, deverás praticar a humildade, e assim encontrarás graça diante do Senhor. Muitos são altaneiros e ilustres, mas é aos humildes que ele revela seus mistérios. 21Pois grande é o poder do Senhor, mas ele é glorificado pelos humildes.

30Para o mal do orgulhoso não existe remédio, pois uma planta de pecado está enraizada nele, e ele não compreende. 31O homem inteligente reflete sobre as palavras dos sábios, e com ouvido atento deseja a s

– Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial (Sl 67)

Com carinho preparastes uma mesa para o pobre.

— Os justos se alegram na presença do Senhor,/ rejubilam satisfeitos e exultam de alegria!/ Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome!/ O seu nome é Senhor: exultai diante dele!

— Dos órfãos ele é pai, e das viúvas protetor:/ é assim o nosso Deus em sua santa habitação./ É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados,/ quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.

— Derramastes lá do alto uma chuva generosa,/ e vossa terra, vossa herança, já cansada, renovastes;/ e ali vosso rebanho encontrou sua morada;/ com carinho preparastes essa terra para o pobre.

2ª Leitura

Segunda Leitura (Hb 12,18-19.22-24a)

Leitura da Carta aos Hebreus:

Irmãos: 18Vós não vos aproximastes de uma realidade palpável: “fogo ardente e escuridão, trevas e tempestade, 19som da trombeta e voz poderosa”, que os ouvintes suplicaram não continuasse.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sábado (24/02/2024)

22Mas vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste; da reunião festiva de milhões de anjos; 23da assembleia dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus; de Deus, o Juiz de todos; dos espíritos dos justos, que chegaram à perfeição; 24ade Jesus, mediador da nova aliança.

– Palavra do Senhor.

Evangelho do Dia

Anúncio do Evangelho (Lc 14,1.7-14)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 7Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola:

8“Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, 9e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar.

10Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. 11Porque quem se eleva, será humilhado e quem se humilha, será elevado”.

12E disse também a quem o tinha convidado: “Quando tu deres um almoço ou um jantar, não convides teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem teus vizinhos ricos. Pois estes poderiam também convidar-te e isto já seria a tua recompensa. 13Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. 14Então tu serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

— Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Que linha interessante. Esta linha não deve ser esquecida, pois revela uma reação comum que alguns têm a Jesus. Qual é a reação? É a tendência de observar Jesus cuidadosamente à distância.

Veja o contexto desta afirmação. Jesus foi convidado para a casa de um fariseu importante e muitas outras pessoas estavam presentes. Aqueles que estavam lá teriam sido considerados os “promotores e agitadores” da época. Eles eram os membros influentes, ricos, educados e prestigiosos da comunidade. Muitos teriam ficado bastante preocupados com sua reputação e bastante curiosos sobre Jesus, já que Ele estava crescendo em popularidade entre as pessoas. Então, como resultado, todos eles estavam “observando-o cuidadosamente”.

Observe a implicação presente nesta descrição de sua reação a Jesus. Ao contrário dos pecadores manifestos daquela época, eles não vieram a Ele, caindo aos Seus pés, implorando por misericórdia. Em vez disso, eles parecem estar bastante interessados ​​em como Jesus será aceito pelos outros, o que Ele dirá e o que eles devem pensar sobre Ele. Embora seja lamentável que nem todos se voltem completamente para Jesus com fé, é pelo menos bom que estejam atentos a Jesus e percebam que Ele é único.

Essa curiosidade da parte deles não é de todo ruim. Na verdade, pode levar alguns deles à salvação. Ao observar Jesus, eles estão claramente ponderando sobre Ele, Suas palavras e Suas ações. Isso é bom se e somente se resultar em que cada um deles se volte para Ele com fé e escolha abraçar nosso Senhor, independentemente do que os outros pensam. Isso é um risco para aqueles consumidos com sua própria imagem pública. Mas é um risco que vale a pena correr. Para aqueles que estão dispostos a permitir humildemente que suas observações se transformem em verdadeira fé, suas vidas mudarão. Mas, para fazer isso, eles devem deixar de lado qualquer medo que tenham do que os outros possam pensar.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

Reflita, hoje, sobre qualquer tendência que você tenha de apenas “observar” Jesus e Sua vontade à distância. Se você achar que está curioso e interessado na presença de Deus ao seu redor, não hesite em agir de acordo com essa curiosidade, permitindo que Suas palavras e presença mudem sua vida. Não se preocupe com o que os outros possam pensar. Entregue sua vida a Ele sem hesitação e você será eternamente grato por ter feito isso.

Oração do Dia

Senhor, quando percebo Tua presença em minha vida, dá-me a coragem que preciso para responder. Que eu nunca deixe que as pressões sociais ou o orgulho interfiram na minha volta a Ti. Eu te amo, querido Senhor. Ajuda-me a Te amar sem reservas. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até o século XVI não existia uma padronização para a liturgia diária, portanto, não tinha uma norma que caracterizava a sua obrigatoriedade. Porém, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E foi através do Concílio Vaticano II que a Liturgia teve a sua mais recente atualização.

A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura. A liturgia é formada pela primeira e segunda leitura, salmo e o evangelho do dia, fazendo parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.