Liturgia Diária – 2ª Semana do Advento, Segunda-feira (05/12/2022)

Salmo do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 2ª Semana do Advento, Segunda-feira, 5 de dezembro de 2022.

Leia diariamente a Liturgia do Dia aqui no Mundo dos Católicos. Primeira Leitura e o Evangelho do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Isaías 35, 1-10

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

1Alegre-se a terra que era deserta e intransitável, exulte a solidão e floresça como um lírio. 2Germine e exulte de alegria e louvores. Foi-lhe dada a glória do Líbano, o esplendor do Carmelo e de Saron; seus habitantes verão a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus. 3Fortalecei as mãos enfraquecidas e firmai os joelhos debilitados. 4Dizei às pessoas deprimidas: ‘Criai ânimo, não tenhais medo! Vede, é vosso Deus, é a vingança que vem, é a recompensa de Deus; é ele que vem para vos salvar’. 5Então se abrirão os olhos dos cegos e se descerrarão os ouvidos dos surdos. 6O coxo saltará como um cervo e se desatará a língua dos mudos, assim como brotarão águas no deserto e jorrarão torrentes no ermo. 7A terra árida se transformará em lago, e a região sedenta, em fontes d’água; nas cavernas onde viviam dragões crescerá o caniço e o junco. 8Ali haverá uma vereda e um caminho; o caminho se chamará estrada santa: por ela não passará o impuro; mas será uma estrada reta em que até os débeis não se perderão. 9Ali não existem leões, não andam por ela animais de predadores, nem mesmo aparecem lá; os que forem libertados, poderão percorrê-la, 10os que o Senhor salvou, voltarão para casa. Eles virão a Sião cantando louvores, com infinita alegria brilhando em seus rostos: cheios de gozo e contentamento, não mais conhecerão a dor e o pranto.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 84 (85)

Eis que vem o nosso Deus! Ele vem para salvar.

– Quero ouvir o que o Senhor irá falar: é a paz que ele vai anunciar; a paz para o seu povo e seus amigos, para os que voltam ao Senhor seu coração. Está perto a salvação dos que o temem, e a glória habitará em nossa terra.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

– A verdade e o amor se encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, e a justiça olhará dos altos céus.

– O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente e a salvação há de seguir os passos seus.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 5, 17-26

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Eis que o rei há de vir, Senhor da terra, ele mesmo de nós afastará o jugo do nosso cativeiro;

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

17Um dia Jesus estava ensinando. À sua volta estavam sentados fariseus e doutores da Lei, vindos de todas as aldeias da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E a virtude do Senhor o levava a curar. 18Uns homens traziam um paralítico num leito e procuravam fazê-lo entrar para apresentá-lo. 19Mas, nóo achando por onde introduzi-lo, devido à multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o desceram com o leito no meio da assembléia diante de Jesus. 20Vendo-lhes a fé, ele disse: Homem, teus pecados estão perdoados. 21Os escribas e fariseus começaram a murmurar, dizendo: Quem é este que assim blasfema? Quem pode perdoar os pecados senão Deus? 22Conhecendo-lhes os pensamentos, Jesus respondeu, dizendo: ‘Por que murmurais em vossos corações? 23O que é mais fácil dizer: ‘teus pecados estão perdoados’, ou dizer: ‘levanta-te e anda’? 24Pois, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder de perdoar os pecados – disse ao paralítico – eu te digo: levanta-te, pega o leito e vai para casa’. 25Imediatamente, diante deles, ele se levantou, tomou o leito e foi para casa, louvando a Deus. 26Todos ficaram fora de si, glorificavam a Deus e cheios de temor diziam: ‘Hoje vimos coisas maravilhosas!’

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (19/04/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

É interessante notar que, quando os amigos cheios de fé do paralítico o baixaram do telhado na frente de Jesus, Jesus foi cercado por fariseus e mestres da lei “de todas as localidades da Galileia, da Judeia e de Jerusalém” (Lucas 5:17). Os líderes religiosos vieram em massa. Eles estavam entre os judeus mais instruídos e estavam entre os que se reuniram para ver Jesus falar naquele dia. E foi em parte devido ao grande número deles reunidos em torno de Jesus que os amigos do paralítico não puderam chegar a Jesus sem este movimento radical de abrir o telhado.

Então, o que Jesus faz quando vê o paralítico descer do telhado diante dEle? Ele disse ao paralítico que seus pecados estavam perdoados. Infelizmente, essas palavras foram imediatamente recebidas com severas críticas internas por parte desses líderes religiosos. Disseram entre si: “Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus?” (Lucas 5:21).

Mas Jesus conhecia seus pensamentos e decidiu fazer mais um ato para o bem desses líderes religiosos. O primeiro ato de Jesus, perdoar os pecados do paralítico, foi para o bem do paralítico. Mas a cura física do paralítico, curiosamente, parece ser principalmente para esses fariseus e mestres da lei pomposos e hipócritas. Jesus cura o homem para que eles “saibam que o Filho do Homem tem autoridade na terra para perdoar pecados” (Lucas 5:24). Assim que Jesus realiza este milagre, o Evangelho nos diz que todos ficaram “cheios de medo” e glorificaram a Deus. Aparentemente, isso incluía os líderes religiosos críticos.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quarta-feira (17/04/2024)

Então, o que isso nos ensina? Isso mostra quão profundamente Jesus amava esses líderes religiosos, apesar de seu orgulho e julgamento excepcionais. Ele queria conquistá-los. Ele queria que eles se convertessem, se humilhassem e se voltassem para Ele. É um tanto fácil mostrar amor e compaixão a alguém que já está paralisado, rejeitado e humilhado. Mas é preciso uma quantidade incrível de amor para também se importar profundamente com os orgulhosos e arrogantes.

Reflita, hoje, sobre o amor que Jesus tinha por esses líderes religiosos. Embora eles o criticassem, julgassem falsamente e continuamente tentassem prendê-lo, Jesus nunca cessou em suas tentativas de conquistá-los. Ao pensar nesta misericórdia de nosso Senhor, considere também a pessoa em sua vida que é mais difícil de amar e renove o compromisso de amá-la de todo o coração, à imitação de nosso divino Senhor.

Oração do Dia

Meu misericordioso Senhor, dê-me um coração de perdão e misericórdia para os outros. Ajude-me, especialmente, a ter uma profunda preocupação por aqueles que considero mais difíceis de amar. Imitando a Vossa divina misericórdia, fortalecei-me para agir com amor radical por todos, para que venham a conhecê-Lo mais profundamente. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *