Liturgia Diária – 2ª Semana do Advento, Terça-feira (06/12/2022)

Liturgia do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 2ª Semana do Advento, Terça-feira, 6 de dezembro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Isaías 40, 1-11

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

1Consolai o meu povo, consolai-o! – diz o vosso Deus. 2Falai ao coração de Jerusalém e dizei em alta voz que sua servidão acabou e a expiação de suas culpas foi cumprida; ela recebeu das mãos do Senhor o dobro por todos os seus pecados. 3Grita uma voz: ‘Preparai no deserto o caminho do Senhor, aplainai na solidão a estrada de nosso Deus. 4Nivelem-se todos os vales, rebaixem-se todos os montes e colinas; endireite-se o que é torto e alisem-se as asperezas: 5a glória do Senhor então se manifestará, e todos os homens verão juntamente o que a boca do Senhor falou’. 6Dizia uma voz: ‘Grita!’ E respondi: ‘O que devo gritar?’ A criatura humana é feno, toda a sua glória é como flor do campo; 7seca o feno, murcha a flor ao soprar o Senhor sobre eles. Sim, o povo é feno. 8Seca o feno, murcha a flor, mas a palavra de nosso Deus fica para sempre. 9Sobe a um alto monte, tu, que trazes a boa nova a Sião; levanta com força a tua voz, tu, que trazes a boa nova a Jerusalém, ergue a voz, não temas; dize às cidades de Judá: ‘Eis o vosso Deus, 10eis que o Senhor Deus vem com poder, seu braço tudo domina: eis, com ele, sua conquista, eis à sua frente a vitória. 11Como um pastor, ele apascenta o rebanho, reúne, com a força dos braços, os cordeiros e carrega-os ao colo; ele mesmo tange as ovelhas-mães’.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Leia mais:  Liturgia Diária – Santo Estanislau, bispo e mártir - Memória – Quinta-feira (11/04/2024)

Salmo

Salmo 95 (96)

Olhai e vede: o nosso Deus vem com poder!

– Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome! Dia após dia anunciai sua salvação.

– Manifestai a sua glória entre as nações, e entre os povos do universo seus prodígios! Publicai entre as nações: ‘Reina o Senhor!’ e os povos ele julga com justiça.

– O céu se rejubile e exulte a terra, aplauda o mar com o que vive em suas águas; os campos com seus frutos rejubilem e exultem as florestas e as matas.

– Na presença do Senhor, pois ele vem, porque vem para julgar a terra inteira. Governará o mundo todo com justiça, e os povos julgará com lealdade.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 18, 12-14

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Está perto o dia do Senhor, ele mesmo virá para salvar-nos;

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 12Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas, para procurar aquela que se perdeu? 13Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela, do que com as noventa e nove que não se perderam. 14Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Esta passagem do Evangelho continua dizendo que o homem que encontra aquela ovelha desgarrada “se alegra mais com ela do que com as noventa e nove que não se perderam”. A princípio, isso pode parecer injusto. Por que não se alegrar principalmente com as noventa e nove que não se desviaram? Santa Hillary, ao comentar esta passagem, interpreta o homem que procurou a única ovelha perdida como o Filho de Deus. Ele deixou as “noventa e nove”, significando a glória das hostes do Céu, para descer à terra em busca da humanidade perdida. A humanidade como um todo é aquela ovelha perdida. Isso inclui todos nós.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

A primeira coisa que essa interpretação nos revela é que o Filho de Deus foi claramente enviado em uma missão para buscar cada um de nós depois que nos afastamos do Pai Celestial. O Pai não Se sentou e esperou que voltássemos. Em vez disso, Ele enviou o Filho em uma missão diligente de nos buscar para nos trazer de volta ao Seu rebanho divino.

Ao refletirmos sobre esta passagem, é importante ver o zelo e a determinação de nosso Senhor enquanto Ele nos procura. Você vê isso em sua própria vida? Às vezes, podemos cair na armadilha de pensar que é principalmente nossa responsabilidade buscar a Deus. E embora certamente tenhamos essa responsabilidade, nosso dever se torna muito mais fácil quando entendemos quão apaixonadamente nosso Senhor nos procura e deseja nos encontrar quando nos desviamos. Somente no Céu entenderemos plenamente tudo o que nosso Senhor tem feito para nos buscar, dia após dia. Mas, por enquanto, devemos nos esforçar para entender essa verdade espiritual para que estejamos mais abertos à busca diligente de Jesus por nós.

Uma segunda coisa que esta passagem revela é a alegria no Coração do Filho de Deus cada vez que Ele nos encontra e nos leva para longe do nosso pecado. Com muita frequência, podemos cair na armadilha de ver Deus como um Deus que julga, que está zangado conosco e nos condena. Mas se compreendermos até que ponto o Filho de Deus foi, para nos encontrar quando nos desviamos, e se pudermos compreender a alegria em Seu coração ao nos encontrar e nos afastar do pecado, então nos abriremos mais prontamente a Ele, aos Seus gentis convites e ao Seu misericordioso Coração todas as vezes que Ele vem a nós pela graça.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (12/04/2024)

Reflita, hoje, sobre a grande expectativa no Coração de nosso Senhor enquanto Ele pessoalmente o procura. A expectativa é de alegria – a alegria com a qual Ele se enche ao pegar você e carregá-lo gentilmente de volta ao Pai. Permita que esta alegria no Coração de Nosso Senhor se concretize para que você compartilhe desta abundância de alegria.

Oração do Dia

Meu diligente Senhor, tu me procuras, dia e noite, não se canses de me chamar para que volte mais plenamente a ti. Por favor, ajuda-me a encher o Teu Coração de alegria respondendo sempre aos Teus gentis convites de amor e misericórdia. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *