Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sábado (06/05/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 4ª Semana da Páscoa, Sábado, 6 de maio de 2023.

Confira diariamente a Liturgia de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Oração de hoje. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Atos dos Apóstolos 13,44-52

Leitura dos Atos dos Apóstolos:

44No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a Palavra de Deus. 45Ao verem aquela multidão, os judeus ficaram cheios de inveja e, com blasfêmias, opunham-se ao que Paulo dizia. 46Então, com muita coragem, Paulo e Barnabé declararam: “Era preciso anunciar a Palavra de Deus primeiro a vós. Mas, como a rejeitais e vos considerais indignos da vida eterna, sabei que nos vamos dirigir aos pagãos. 47Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu: ‘Eu te coloquei como luz para as nações, para que leves a salvação até os confins da terra'”. 48Os pagãos ficaram muito contentes quando ouviram isso e glorificavam a Palavra do Senhor. Todos os que eram destinados à vida eterna abraçaram a fé. 49Desse modo, a Palavra do Senhor espalhava-se por toda a região. 50Mas os judeus instigaram as mulheres ricas e religiosas, assim como os homens influentes da cidade, provocaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé e expulsaram-nos do seu território. 51Então os apóstolos sacudiram contra eles a poeira dos pés e foram para a cidade de Icônio. 52Os discípulos, porém, ficaram cheios de alegria e do Espírito Santo.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 97 (98)

– Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

– Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

– O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sábado (24/02/2024)

– Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 14, 7-14

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Se guardais minha Palavra, diz Jesus, realmente vós sereis os meus discípulos (Jo 8,31s);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 7″Se vós me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai. E desde agora o conheceis e o vistes”. 8Disse Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta!” 9Jesus respondeu: “Há tanto tempo estou convosco e não me conheces, Filipe? Quem me viu, viu o Pai. Como é que tu dizes: ‘Mostra-nos o Pai’? 10Não acreditas que eu estou no Pai e o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo, mas é o Pai que, permanecendo em mim, realiza as suas obras. 11Acreditai-me, eu estou no Pai, e o Pai está em mim. Acreditai, ao menos, por causa dessas mesmas obras. 12Em verdade, em verdade vos digo, quem acredita em mim fará as obras que eu faço e fará ainda maiores do que estas. Pois eu vou para o Pai, 13e o que pedirdes em meu nome, eu o realizarei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. 14Se pedirdes algo em meu nome, eu o realizarei”.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Como é que somos chamados a fazer obras maiores do que as obras que o próprio Jesus fez? Claro, é verdade. Este é o nosso chamado. Sabemos disso, porque foi isso que nosso Senhor nos prometeu. Essa verdade deve nos encher de gratidão por sermos usados ​​tão poderosamente por Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

Entre as obras “maiores” de que fala Jesus está, antes de tudo, a difusão do Evangelho até os confins da terra. Enquanto Jesus andava na terra, Sua missão era principalmente para o povo de Israel. Mas quando Ele ascendeu ao Céu e enviou o Espírito Santo sobre a Igreja, Ele também capacitou todos os que receberiam o Espírito Santo para compartilhar o Evangelho até os confins da terra. Assim, a conversão dos corações é a maior obra com a qual podemos cooperar.

Você quer fazer grandes coisas? A maioria das crianças sonha em fazer isso porque esse desejo está escrito em nossa natureza humana. Queremos fazer a diferença. Queremos ser grandes. Mas muitas vezes ficamos confusos sobre a verdadeira grandeza. Tentamos satisfazer esse desejo inato por meio de atos de grandeza mundana e passageira. Buscamos reconhecimento, riqueza e outras recompensas passageiras que se originam de ambições egoístas. Nada disso nos satisfaz em última instância, mesmo que os devêssemos alcançar ao máximo. Por exemplo, imagine se você ganhasse o Prêmio Nobel da Paz, ou se tornasse o líder de uma nação, ou se tornasse a pessoa mais rica do mundo. A obtenção de um desses objetivos o satisfaria? Só se fosse a vontade de Deus. Se não, seria um ato vazio e sem sentido.

Comece olhando para dentro. Você vê o desejo dentro de você de fazer grandes coisas? Espero que sim. A partir daí, lembre-se que a maior coisa que você pode fazer, para realizar o desejo dentro de você, é fazer aquilo que é a vontade de Deus para sua vida. Jesus diz: “Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei”. Pedir em nome de Jesus significa pedir o cumprimento de Sua vontade. Significa pedir que Deus o use para levar Sua graça salvadora aos outros da maneira que Ele escolher. Se pedirdes ao Senhor esta graça, Ele a concederá.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

Esta forma de oração requer humildade e um desapego total da nossa própria vontade. Requer que peçamos ao Pai apenas aquilo que o Filho pede ao Pai por nós. Mas a recompensa de uma oração tão humilde é que Deus concederá Sua graça e misericórdia aos outros através de nós. Esta é a Sua perfeita vontade.

Reflita, hoje, sobre este alto chamado. Faça isso olhando para o desejo dentro de sua própria alma por grandeza e então una esse desejo com a vontade de Deus como a única coisa que pode satisfazê-lo. Reze por este dom todos os dias com humildade e desapego e você se tornará um instrumento de atos que dão glória eterna a Deus. No Céu, esta será a sua alegria eterna.

Oração do Dia

Senhor providencial, a tua vontade é perfeita e gloriosa. Por favor, ajude-me a me humilhar diante de Ti, todos os dias, para que eu entenda sua vontade para minha vida e a escolha sempre. Que eu seja um instrumento de Sua graça salvadora para todos aqueles que desejam tocar através de mim. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.