Liturgia Diária – 5ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (07/02/2023)

Homilia Diária

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 5ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira, 7 de fevereiro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia com Homilia Diária para refletir. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Gênesis 1, 20-2, 4

Leitura do Livro do Gênesis:

20Deus disse: ‘Fervilhem as águas de seres animados de vida e voem pássaros sobre a terra, debaixo do firmamento do céu’. 21Deus criou os grandes monstros marinhos e todos os seres vivos que nadam, em multidão, nas águas, segundo as suas espécies, e todas as aves, segundo as suas espécies. E Deus viu que era bom. 22E Deus os abençoou, dizendo: ‘Sede fecundos e multiplicai-vos e enchei as águas do mar, e que as aves se multipliquem sobre a terra’. 23Houve uma tarde e uma manhã: quinto dia. 24Deus disse: ‘Produza a terra seres vivos segundo as suas espécies, animais domésticos, répteis e animais selvagens, segundo as suas espécies’. E assim se fez. 25Deus fez os animais selvagens, segundo as suas espécies, os animais domésticos segundo as suas espécies e todos os répteis do solo segundo as suas espécies. E Deus viu que era bom. 26Deus disse: ‘Façamos o homem à nossa imagem e segundo a nossa semelhança, para que domine sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, e sobre todos os répteis que rastejam sobre a terra’. 27E Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus ele o criou: homem e mulher os criou. 28E Deus os abençoou e lhes disse: ‘Sede fecundos e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a! Dominai sobre os peixes do mar, sobre os pássaros do céu e sobre todos os animais que se movem sobre a terra’. 29E Deus disse: ‘Eis que vos entrego todas as plantas que dão semente sobre a terra, e todas as árvores que produzem fruto com sua semente, para vos servirem de alimento. 30E a todos os animais da terra, e a todas as aves do céu, e a tudo o que rasteja sobre a terra e que é animado de vida, eu dou todos os vegetais para alimento’. E assim se fez. 31E Deus viu tudo quanto havia feito, e eis que tudo era muito bom. Houve uma tarde e uma manhó: sexto dia. 2,1E assim foram concluídos o céu e a terra com todo o seu exército. 2No sétimo dia, Deus considerou acabada toda a obra que tinha feito; e no sétimo dia descansou de toda a obra que fizera. 3Deus abençoou o sétimo dia e o santificou, porque nesse dia descansou de toda a obra da criação. 4Esta é a história do céu e da terra, quando foram criados.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado (13/07/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 8

– Ó Senhor nosso Deus, como é grande vosso nome por todo o universo!

– Contemplando estes céus que plasmastes e formastes com dedos de artista; vendo a lua e estrelas brilhantes, perguntamos: ‘Senhor, que é o homem, para dele assim vos lembrardes e o tratardes com tanto carinho?’

– Pouco abaixo de Deus o fizestes, coroando-o de glória e esplendor; vós lhe destes poder sobre tudo, vossas obras aos pés lhe pusestes.

– As ovelhas, os bois, os rebanhos, todo o gado e as feras da mata; passarinhos e peixes dos mares, todo ser que se move nas águas.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 7, 1-13

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Inclinai meu coração às vossas advertências e dai-me a vossa lei como um presente valioso! (Sl 118,36.29);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

Naquele tempo: 1Os fariseus e alguns mestres da Lei vieram de Jerusalém e se reuniram em torno de Jesus. 2Eles viam que alguns dos seus discípulos comiam o pão com as mãos impuras, isto é, sem as terem lavado. 3Com efeito, os fariseus e todos os judeus só comem depois de lavar bem as mãos, seguindo a tradição recebida dos antigos. 4Ao voltar da praça, eles não comem sem tomar banho. E seguem muitos outros costumes que receberam por tradição: a maneira certa de lavar copos, jarras e vasilhas de cobre. 5Os fariseus e os mestres da Lei perguntaram então a Jesus: ‘Por que os teus discípulos não seguem a tradição dos antigos, mas comem o pão sem lavar as mãos?’ 6Jesus respondeu: ‘Bem profetizou Isaías a vosso respeito, hipócritas, como está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. 7De nada adianta o culto que me prestam, pois as doutrinas que ensinam são preceitos humanos’. 8Vós abandonais o mandamento de Deus para seguir a tradição dos homens.’ 9E dizia-lhes: ‘Vós sabeis muito bem como anular o mandamento de Deus, a fim de guardar as vossas tradições. 10Com efeito, Moisés ordenou: ‘Honra teu pai e tua mãe’. E ainda: ‘Quem amaldiçoa o pai ou a mãe, deve morrer’. 11Mas vós ensinais que é lícito alguém dizer a seu pai e à sua mãe: ‘O sustento que vós poderíeis receber de mim é Corban, isto é, Consagrado a Deus’. 12E essa pessoa fica dispensada de ajudar seu pai ou sua mãe. 13Assim vós esvaziais a Palavra de Deus com a tradição que vós transmitis. E vós fazeis muitas outras coisas como estas.’

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (12/07/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Parece bastante claro que a fama instantânea de Jesus levou esses líderes religiosos ao ciúme e à inveja, e eles queriam encontrar falhas nele. Como resultado, eles observaram cuidadosamente Jesus e Seus discípulos e perceberam que os discípulos de Jesus não estavam seguindo as tradições dos anciãos. Então os líderes começaram a questionar Jesus sobre esse fato. A resposta de Jesus foi de severa crítica a eles. Ele citou o profeta Isaías que disse: “Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. De nada adianta o culto que me prestam, pois as doutrinas que ensinam são preceitos humanos”.

Jesus os criticou fortemente porque seus corações não tinham adoração verdadeira. As várias tradições dos anciãos não eram necessariamente ruins, como a cuidadosa lavagem cerimonial das mãos antes de comer. Mas essas tradições seriam vazias se não fossem motivadas por uma profunda fé e amor a Deus. O seguimento externo das tradições humanas não era verdadeiramente um ato de adoração divina, e era isso que Jesus queria para eles. Ele queria que seus corações fossem incendiados pelo amor a Deus e pela verdadeira adoração divina.

O que nosso Senhor quer de cada um de nós é adoração. Adoração pura e sincera. Ele quer que amemos a Deus com profunda devoção interior. Ele quer que oremos, O ouçamos e sirvamos à Sua santa vontade com todas as forças de nossa alma. E isso só é possível quando nos engajamos em adoração autêntica.

Leia mais:  Liturgia Diária – São Bento, abade, Memória, Quinta-feira (11/07/2024)

Como católicos, nossa vida de oração e adoração é fundamentada na sagrada Liturgia. A Liturgia incorpora muitas tradições e práticas que refletem nossa fé e se tornam um veículo da graça de Deus. E embora a própria Liturgia seja muito diferente da mera “tradição dos anciãos” que Jesus criticava, é útil lembrar que as muitas Liturgias de nossa Igreja devem passar das ações externas para o culto interior. Indo através dos movimentos sozinho é inútil. Devemos permitir que Deus aja sobre nós e dentro de nós enquanto nos envolvemos na celebração externa dos Sacramentos.

Reflita, hoje, sobre o desejo ardente no coração de nosso Senhor de atraí-lo para a adoração. Reflita sobre como você se deixa atrair para este culto cada vez que assiste à Santa Missa. Procure tornar sua participação não apenas exterior, mas antes de tudo interior. Isso ajudará a garantir que a repreensão de nosso Senhor sobre os escribas e fariseus não caia também sobre você.

Oração do Dia

Meu divino Senhor, Tu e somente Tu és digno de toda adoração e louvor. Tu e somente Tu mereces a adoração que eu ofereço a Ti do fundo do meu coração. Ajuda-me a mim e a toda a tua Igreja a interiorizar sempre os nossos atos exteriores de adoração para dar-te a glória devida ao teu santo nome. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre faça a Homilia Diária das palavras do Evangelho depois da sua leitura. Esta homilia é feita em geral por livre interpretação do celebrante.

O ponto mais importante da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.