Liturgia Diária – Santo Antônio de Sant’Ana Galvão, Memória, Terça-feira (25/10/2022)

Homilia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Terça-feira, 25 de outubro de 2022.

Acompanhe a Liturgia Diária Comentada de Hoje em nosso site. Confira a Liturgia de hoje completa com as Leituras, Evangelho do dia e Salmo aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Ef 5,21-33)

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios.

Irmãos, 21vós, que temeis a cristo, sede solícitos uns para com os outros. 22As mulheres sejam submissas aos seus maridos como ao Senhor. 23Pois o marido é a cabeça da mulher, do mesmo modo que Cristo é a cabeça da Igreja, ele, o Salvador do seu Corpo. 24Mas como a Igreja é solícita por Cristo, sejam as mulheres solícitas em tudo pelos seus maridos. 25Maridos, amai as vossas mulheres, como o Cristo amou a Igreja e se entregou por ela. 26Ele quis assim torná-la santa, purificando-a com o banho da água unida à Palavra. 27Ele quis apresentá-la a si mesmo esplêndida, sem mancha nem ruga nem defeito algum, mas santa e irrepreensível. 28Assim é que o marido deve amar a sua mulher, como ao seu próprio corpo. Aquele que ama a sua mulher ama-se a si mesmo. 29Ninguém jamais odiou a sua própria carne. Ao contrário, alimenta-a e cerca-a de cuidados, como o Cristo faz com a sua Igreja; e nós membros do seu corpo! 31Por isso o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne. 32Este mistério é grande, e eu o interpreto em relação a Cristo e à Igreja. 33Em todo caso, cada um, no que lhe toca, deve amar a sua mulher como a si mesmo; e a mulher deve respeitar o seu marido.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sábado (18/05/2024)

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 127(128)

Felizes todos os que respeitam o Senhor!

— Feliz és tu se temes o Senhor e trilhas seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos hás de viver, serás feliz, tudo irá bem!

— A tua esposa é uma videira bem fecunda no coração da tua casa; os teus filhos são rebentos de oliveira ao redor de tua mesa.

— Será assim abençoado todo homem que teme o Senhor. O Senhor te abençoe de Sião, cada dia de tua vida.

Evangelho do Dia

Evangelho (Lc 13,18-21)

— Aleluia! Aleluia! Aleluia!

— Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, pois, revelaste os mistérios do teu Reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores! (Mt 11,25)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18Jesus dizia: “A que é semelhante o Reino de Deus, e com que poderei compará-lo? 19Ele é como a semente de mostarda, que um homem pega e atira no seu jardim. A semente cresce, torna-se uma grande árvore, e as aves do céu fazem ninhos nos seus ramos”. 20Jesus disse ainda: “Com que poderei ainda comparar o Reino de Deus? 21Ele é como o fermento que uma mulher pega e mistura com três porções de farinha, até que tudo fique fermentado”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 7ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (17/05/2024)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

O fermento é uma coisa fascinante. É tão pequeno em tamanho e ainda tem um efeito tão poderoso sobre a massa. O fermento funciona lentamente e um tanto milagrosamente. Pouco a pouco a massa cresce e se transforma. Isso é sempre algo fascinante para as crianças observarem ao fazer o pão.

Esta é a maneira ideal para o Evangelho operar em nossas vidas. Neste momento, o Reino de Deus está antes de tudo vivo em nossos corações. A conversão de nossos corações raramente acontecerá efetivamente em um dia ou em um momento. Claro, cada dia e cada momento é importante, e certamente há momentos poderosos de conversão que todos podemos apontar. Mas a conversão do coração é mais como o fermento que faz a massa crescer. A conversão do coração costuma ser algo que acontece pouco a pouco e passo a passo. Permitimos que o Espírito Santo assuma o controle de nossas vidas de uma maneira cada vez mais profunda e, à medida que o fazemos, crescemos cada vez mais fundo em santidade, assim como a massa cresce lenta mas seguramente.

Reflita, hoje, sobre esta imagem do fermento fazendo a massa crescer. Você vê isso como uma imagem de sua alma? Você vê o Espírito Santo trabalhando em você pouco a pouco? Você se vê mudando lentamente, mas de forma constante? Espero que a resposta seja “sim”. Embora a conversão nem sempre ocorra da noite para o dia, ela deve ser constante para permitir que a alma progrida para aquele lugar preparado para ela por Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – Solenidade de Pentecostes – Domingo (19/05/2024)

Oração do Dia

Senhor, eu desejo tornar-me santo. Desejo ser transformado pouco a pouco todos os dias. Ajude-me a permitir que você me mude a cada momento da minha vida para que eu possa seguir continuamente o caminho que você traçou para mim. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A Liturgia Diária é vista por muitos como sendo o momento de formalização da missa, mas o seu verdadeiro significado é exatamente o contrário. A liturgia diária faz com que os cristãos reflitam as palavras e procurem trazê-las para o seu dia a dia como meio de vivenciar a Palavra de Deus em suas vidas.

A liturgia vem nos trazer ensinamentos de como devemos pensar e agir conforme a Palavra de Deus. A liturgia nos mostra o Mistério Pascal da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *