Liturgia Diária – São Gregório Magno, Sábado (03/09/2022)

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 22ª Semana do Tempo Comum, Sábado, 3 de setembro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia do Dia dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do Dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (1Cor 4,6b-15)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios.

6bIrmãos, apliquei essa doutrina a mim e a Apolo, por causa de vós, para que o nosso exemplo vos ensine a não vos inchar de orgulho, tomando o partido de um contra outro, e a “não ir além daquilo que está escrito”. 7Com efeito, quem é que te faz melhor que os outros? Que tens que não tenhas recebido? Mas, se recebeste tudo que tens, por que, então, te glorias, como se não o tivesses recebido?

8Vós já estais saciados! Já vos enriquecestes! Sem nós, já começastes a reinar! Oxalá estivésseis mesmo reinando, para nós também reinarmos convosco! 9Na verdade, parece-me que Deus nos apresentou, a nós apóstolos, em último lugar, como pessoas condenadas à morte. Tornamo-nos um espetáculo para o mundo, para os anjos e os homens. 10Nós somos os tolos por causa de Cristo, vós, porém, os sábios nas coisas de Cristo. Nós somos os fracos; vós, os fortes. Vós sois tratados com toda a estima e atenção, e nós, com todo o desprezo.

11Até a presente hora, padecemos fome, sede e nudez; somos esbofeteados e vivemos errantes; 12fadigamo-nos, trabalhando com as nossas mãos; somos injuriados, e abençoamos; somos perseguidos, e suportamos; 13somos caluniados, e exortamos. Tornamo-nos como que o lixo do mundo, a escória do universo, até o presente.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Quaresma, Terça-feira (27/02/2024)

14Escrevo-vos tudo isto, não com a intenção de vos envergonhar, mas para vos admoestar como meus filhos queridos. 15De fato, mesmo que tivésseis dez mil educadores na vida em Cristo, não tendes muitos pais. Pois fui eu que, pelo anúncio do Evangelho, vos gerei em Jesus Cristo.

– Palavra do Senhor.

Salmo

Salmo Responsorial (Sl 144)

O Senhor está perto de quem o invoca!

— É justo o Senhor em seus caminhos,/ é santo em toda obra que ele faz./ Ele está perto da pessoa que o invoca,/ de todo aquele que o invoca lealmente.

— O Senhor cumpre os desejos dos que o temem,/ ele escuta os seus clamores e os salva./ O Senhor guarda todo aquele que o ama,/ mas dispersa e extermina os que são ímpios.

— Que a minha boca cante a glória do Senhor/ e que bendiga todo ser seu nome santo/ desde agora, para sempre e pelos séculos.

Evangelho do Dia

Evangelho (Lc 6,1-5)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

1Num sábado, Jesus estava passando através de plantações de trigo. Seus discípulos arrancavam e comiam as espigas, debulhando-as com as mãos. 2Então alguns fariseus disseram: “Por que fazeis o que não é permitido em dia de sábado?”

3Jesus respondeu-lhes: “Acaso vós não lestes o que Davi e seus companheiros fizeram, quando estavam sentindo fome? 4Davi entrou na casa de Deus, pegou dos pães oferecidos a Deus e os comeu, e ainda por cima os deu a seus companheiros. No entanto, só os sacerdotes podem comer desses pães”. 5E Jesus acrescentou: “O Filho do Homem é senhor também do sábado”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2º Domingo da Quaresma (25/02/2024)

— Palavra da Salvação.

Reflexão da Liturgia Diária

Falando sobre ser mesquinho! Aqui os discípulos estavam com fome, eles provavelmente estavam andando por algum tempo com Jesus e encontraram um pouco de trigo e o colheram para comer enquanto caminhavam. E eles foram condenados pelos fariseus por fazerem essa ação muito normal. Eles realmente infringiram a lei e ofenderam a Deus ao colher e comer este grão?

A resposta de Jesus deixa claro que os fariseus estão bastante confusos e que os discípulos não fizeram nada de errado. Mas esta passagem nos dá a oportunidade de refletir sobre um perigo espiritual em que alguns caem às vezes. É o perigo da escrupulosidade.

Não sabemos se este é o caso, mas se um ou mais dos discípulos lutaram com escrúpulos e depois ouviram os fariseus condená-los por comer o grão, eles podem ter sentido remorso imediato e culpa por suas ações. Eles teriam começado a temer que fossem culpados de quebrar o mandamento de Deus de santificar o sábado. Mas sua escrupulosidade tem que ser vista pelo que é e eles têm que reconhecer o gatilho que os atraiu para a escrupulosidade.

O “gatilho” que os tentou é uma visão extrema e errônea da lei de Deus apresentada pelos fariseus. Sim, a lei de Deus é perfeita e deve sempre ser seguida até a última letra da lei. Mas para aqueles que lutam com escrúpulos, a lei de Deus pode facilmente se tornar distorcida e exagerada. As leis humanas e as deturpações humanas da lei de Deus podem causar confusão. E, na Escritura acima, o gatilho foi a arrogância e aspereza dos fariseus. Deus não se ofendeu de forma alguma pelos discípulos colhendo e comendo grãos no sábado. Os fariseus, portanto, estavam tentando impor aos discípulos um fardo que não era de Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Quaresma, Segunda-feira (26/02/2024)

Nós também podemos ser tentados a olhar para a lei e a vontade de Deus de maneira escrupulosa. Embora muitas pessoas façam o oposto (são muito negligentes), algumas lutam com a preocupação de ofender a Deus quando Ele não é ofendido.

Reflita, hoje, sobre sua própria luta com escrupulosidade. Se este é você, saiba que Deus quer libertá-lo desses fardos.

Oração do Dia

Senhor, ajuda-me a ver a Tua lei e vontade à luz da verdade. Ajude-me a me livrar de todos os equívocos e deturpações de Sua lei em troca das verdades de Seu amor e misericórdia perfeitos. Que eu me apegue a essa misericórdia e amor em todas as coisas e acima de todas as coisas. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária, é comum que nas missas o padre ou celebrante na ocasião, faça uma reflexão das palavras do Evangelho do Dia logo após a sua leitura. Esta reflexão é feita em geral por livre interpretação, não seguindo um texto pré-definido.

O ponto principal da liturgia é o Mistério Pascal, descrevendo a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao céus, ao reino de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.