Liturgia Diária – São José, Esposo da Virgem Maria, Sábado (18/03/2023)

Evangelho do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sábado, 18 de março de 2023.

Confira diariamente a Liturgia Diária Hoje dos Católicos em nosso site. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos: Primeira Leitura, Evangelho e Salmo do Dia.

1ª Leitura

Primeira Leitura (2Sm 7,4-5a.12-14a.16)

Leitura do Segundo Livro de Samuel.

Naqueles dias, 4a Palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos: 5a”Vai dizer ao meu servo Davi: ‘Assim fala o Senhor: 12Quando chegar o fim dos teus dias e repousares com teus pais, então, suscitarei, depois de ti, um filho teu, e confirmarei a sua realeza. 13Será ele que construirá uma casa para o meu nome, e eu firmarei para sempre o seu trono real. 14aEu serei para ele um pai e ele será para mim um filho. 16Tua casa e teu reino serão estáveis para sempre diante de mim, e teu trono será firme para sempre'”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 88(89)

— Eis que a sua descendência durará eternamente.

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

— “Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, de geração em geração garantirei o teu reinado!”

— Ele, então, me invocará: ‘Ó Senhor,vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!’Guardarei eternamente para ele a minha graça e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel.

2ª Leitura

Segunda Leitura (Rm 4,13.16-18.22)

Leia mais:  Liturgia Diária – Santa Maria Madalena, Segunda-feira (22/07/2024)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos,13Não foi por causa da Lei, mas por causa da justiça que vem da fé, que Deus prometeu o mundo como herança a Abraão ou à sua descendência. 16É em virtude da fé que alguém se torna herdeiro. Logo, a condição de herdeiro é uma graça, um dom gratuito, e a promessa de Deus continua valendo para toda a descendência de Abraão, tanto para a descendência que se apega à Lei, quanto para a que se apoia somente na fé de Abraão, que é o pai de todos nós. 17Pois está escrito: “Eu fiz de ti pai de muitos povos”. Ele é pai diante de Deus, porque creu em Deus que vivifica os mortos e faz existir o que antes não existia. 18Contra toda a humana esperança, ele firmou-se na esperança e na fé. Assim, tornou-se pai de muitos povos, conforme lhe fora dito: “Assim será a tua posteridade”. 22Esta sua atitude de fé lhe foi creditada como justiça.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 1,16.18-21.24a)

— Louvor e glória a ti, Senhor, Cristo, palavra de Deus!

— Felizes os que habitam vossa casa, para sempre eles hão de vos louvar! (Sl 83(84),5)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. 18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 24aQuando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16º Domingo do Tempo Comum (21/07/2024)

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor!

Reflexão da Liturgia Diária

Esta passagem bíblica introduz a Parábola do Fariseu e do Cobrador de Impostos. Ambos vão ao Templo para orar, mas suas orações são muito diferentes uma da outra. A oração do fariseu é muito desonesta, enquanto a oração do cobrador de impostos é excepcionalmente sincera e honesta. Jesus conclui dizendo que o publicano voltou para casa justificado, mas o fariseu não. Ele afirma: “… porque todo aquele que se exalta será humilhado, e aquele que se humilha será exaltado.”

A verdadeira humildade é simplesmente ser honesto. Muitas vezes na vida não somos honestos com nós mesmos e, portanto, não somos honestos com Deus. Assim, para que nossa oração seja verdadeira oração, ela deve ser honesta e humilde. E a humilde verdade para todas as nossas vidas é melhor expressa pela oração do cobrador de impostos que orou: “Ó Deus, tem misericórdia de mim, um pecador”.

Quão fácil é para você admitir seu pecado? Quando entendemos a misericórdia de Deus, essa humildade é muito mais fácil. Deus não é um Deus de dureza, mas é um Deus de extrema misericórdia. Quando entendermos que o desejo mais profundo de Deus é nos perdoar e nos reconciliar com Ele, então desejaremos profundamente a humildade honesta diante Dele.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (23/07/2024)

A Quaresma é um tempo importante para examinarmos profundamente nossa consciência e fazermos novas resoluções para o futuro. Fazer isso trará nova liberdade e graça para nossas vidas. Portanto, não tenha medo de examinar honestamente sua consciência para ver seu pecado claramente da maneira que Deus o vê. Fazer isso o colocará em condições de fazer esta oração do cobrador de impostos: “Ó Deus, tem misericórdia de mim, um pecador.”

Reflita, hoje, sobre o seu pecado. Com o que você mais luta agora? Existem pecados do seu passado que você nunca confessou? Existem pecados contínuos que você justifica, ignora e tem medo de enfrentar? Tenha coragem e saiba que a humildade honesta é o caminho para a liberdade e a única maneira de experimentar a justificação diante de Deus.

Oração do Dia

Meu misericordioso Senhor, agradeço-Te por me amares com um amor perfeito. Agradeço por Sua incrível profundidade de misericórdia. Ajuda-me a ver todos os meus pecados e a voltar-me para ti com honestidade e humildade para que eu possa ser liberto desses fardos e me tornar justificado aos teus olhos. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária Hoje, é comum que nas missas o celebrante, faça uma reflexão do Evangelho do Dia logo após a sua leitura. Esta reflexão é feita geralmente por interpretação livre.

O principal ponto da Liturgia Diária, é o Mistério Pascal, que descreve a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao reino de Deus.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.