Liturgia Diária – Sexta-feira depois das Cinzas (04/03)

Liturgia Diária de sexta-feira, 4 de março de 2022.

Confira diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho de Hoje e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Is 58,1-9a)

Leitura do Livro do Profeta Isaías.

Assim fala o Senhor Deus: 1“Grita forte, sem cessar, levanta a voz como trombeta e denuncia os crimes do meu povo e os pecados da casa de Jacó. 2Buscam-me cada dia e desejam conhecer meus propósitos, como gente que pratica a justiça e não abandonou a lei de Deus. Exigem de mim julgamentos justos e querem estar na proximidade de Deus: 3“Por que não te regozijaste, quando jejuávamos, e o ignorastes, quando nos humilhávamos?” — É porque no dia do vosso jejum tratais de negócios e oprimis os vossos empregados. 4É porque, ao mesmo tempo que jejuais, fazeis litígios e brigas e agressões impiedosas.

Não façais jejum com esse espírito, se quereis que vosso pedido seja ouvido no céu. 5Acaso é esse jejum que aprecio, o dia em que uma pessoa se mortifica? Trata-se talvez de curvar a cabeça como junco, e de deitar-se em saco e sobre cinza? Acaso chamas a isso jejum, dia grato ao Senhor?

6Acaso o jejum que prefiro não é outro: quebrar as cadeias injustas, desligar as amarras do jugo, tornar livres os que estão detidos, enfim, romper todo tipo de sujeição? 7Não é repartir o pão com o faminto, acolher em casa os pobres e peregrinos? Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne.

8Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá. 9aEntão invocarás o Senhor e ele te atenderá, pedirás socorro, e ele dirá: “Eis-me aqui”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 28/01/2021

Salmo

Responsório (Sl 50)

— Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

— Tende piedade ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai completamente a minha culpa!

— Eu reconheço toda a minha iniquidade, o meu pecado está sempre à minha frente. Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei, e pratiquei o que é mau aos vossos olhos!

— Pois não são de vosso agrado os sacrifícios, e, se oferto um holocausto, o rejeitais. Meu sacrifício é minha alma penitente, não desprezeis um coração arrependido!

Evangelho do Dia

Evangelho (Mt 9,14-15)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 14os discípulos de João aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Por que razão nós e os fariseus praticamos jejuns, mas os teus discípulos não?”

15Disse-lhes Jesus: “Por acaso, os amigos do noivo podem estar de luto enquanto o noivo está com eles? Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, sim, eles jejuarão”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Sextas-feiras na Quaresma… você está pronto para elas? Toda sexta-feira da Quaresma é dia de abstinência de carne. Portanto, certifique-se de abraçar este pequeno sacrifício hoje em união com toda a nossa Igreja. Que bênção é oferecer sacrifício como uma Igreja inteira!

As sextas-feiras da Quaresma (e, de fato, durante todo o ano) também são dias em que a Igreja nos pede alguma forma de penitência. A abstinência de carne certamente se enquadra nessa categoria, a menos que você não goste de carne e ame peixe. A coisa mais importante a entender sobre as sextas-feiras da Quaresma é que elas devem ser um dia de sacrifício. Jesus ofereceu o sacrifício final em uma sexta-feira e suportou a dor mais excruciante para a expiação de nossos pecados. Não devemos hesitar em oferecer nosso próprio sacrifício e nos esforçar para unir espiritualmente esse sacrifício ao de Cristo. Por que faríamos isso?

Leia mais:  Liturgia Diária - quinta-feira, 24/12/2020

No centro da resposta a essa pergunta está um entendimento básico da redenção do pecado. É importante entender o ensinamento único e profundo de nossa Igreja Católica sobre isso. Como católicos, compartilhamos uma crença comum com outros cristãos em todo o mundo de que Jesus é o único Salvador do mundo. O único caminho para o Céu é através da redenção conquistada por Sua Cruz. Em certo sentido, Jesus “pagou o preço” da morte por nossos pecados. Ele assumiu o nosso castigo.

Mas com isso dito, devemos entender nosso papel e responsabilidade em receber esse presente inestimável. Não é simplesmente um presente que Deus oferece dizendo: “OK, eu paguei o preço, agora você está completamente livre”. Não, acreditamos que Ele diz algo mais assim: “Eu abri a porta para a salvação através do meu sofrimento e morte. Agora eu convido você a entrar nessa porta comigo e unir seus próprios sofrimentos aos meus, para que meus sofrimentos, unidos aos seus, o levem à salvação e à libertação do pecado”. Então, em certo sentido, não estamos “fora do gancho”; em vez disso, agora temos um caminho para a liberdade e salvação unindo nossas vidas, sofrimentos e pecados à Cruz de Cristo. Como católicos, entendemos que a salvação teve um preço e que o preço não foi apenas a morte de Jesus, mas também nossa participação voluntária em Seu sofrimento e morte. Esta é a maneira que Seu Sacrifício transforma nossos pecados particulares.

As sextas-feiras da Quaresma são dias em que somos especialmente convidados a nos unir, voluntária e livremente, ao Sacrifício de Jesus. Seu sacrifício exigia dele grande abnegação e altruísmo. Os pequenos atos de jejum, abstinência e outras formas de abnegação que você escolhe, dispõem sua vontade de se conformar mais à de Cristo para poder se unir mais completamente a Ele, recebendo a graça da salvação.

Leia mais:  Evangelho do Dia - quarta-feira, 19/08/2020

Reflita, hoje, sobre os pequenos sacrifícios que você é chamado a fazer nesta Quaresma – especialmente nas sextas-feiras da Quaresma. Faça a escolha de ser sacrificado hoje e você descobrirá que é a melhor maneira de entrar em uma união mais profunda com o Salvador do Mundo.

Oração do Dia

Senhor, eu escolho, neste dia, tornar-me um com Você em Seu sofrimento e morte. Eu te ofereço meu sofrimento e meu pecado. Por favor, perdoe meu pecado e permita que meu sofrimento, especialmente aquele que resulta do meu pecado, seja transformado pelo Seu próprio sofrimento para que eu possa compartilhar a alegria da Sua Ressurreição. Que os pequenos sacrifícios e atos de abnegação que ofereço a Você se tornem uma fonte de minha união mais profunda com Você. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Publicado por: Mundo dos Católicos

Artigos relacionados

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Terça-feira (17/05)

Liturgia Diária – 5ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (16/05)

Liturgia Diária – 5º Domingo da Páscoa (15/05)

Liturgia Diária – São Matias, Apóstolo – Festa, Sábado (14/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (13/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (12/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (11/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Terça-feira (10/05)

Liturgia Diária – 4ª Semana da Páscoa, Segunda-feira (09/05)

Liturgia Diária – 4º Domingo da Páscoa (08/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sábado (07/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Sexta-feira (06/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quinta-feira (05/05)

Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa, Quarta-feira (04/05)

Liturgia Diária – São Felipe e São Tiago, Apóstolos – Festa, Terça-feira (03/05)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.