Liturgia Diária – 1ª Semana do Advento, Sexta-feira (02/12/2022)

Liturgia Diária de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 1ª Semana do Advento, Sexta-feira, 2 de dezembro de 2022.

Confira diariamente a Liturgia Diária dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho do dia e Salmo. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Isaías 29, 17-24

Leitura do livro do Profeta Isaías:

Assim fala o Senhor Deus: 17Dentro de pouco tempo, não se transformará o Líbano em jardim? E não poderá o jardim tornar-se floresta? 18Naquele dia, os surdos ouvirão as palavras do livro e os olhos dos cegos verão, no meio das trevas e das sombras. 19Os humildes aumentarão sua alegria no Senhor, e os mais pobres dos homens se rejubilarão no Santo de Israel; 20fracassou o prepotente, desapareceu o trapaceiro, e sucumbiram todos os malfeitores precoces, 21os que faziam os outros pecar por palavras, e armavam ciladas ao juiz à porta da cidade e atacavam o justo com palavras falsas. 22Isto diz o Senhor à casa de Jacó, ele que libertou Abraão: ‘Agora, Jacó não mais terá que envergonhar-se nem seu rosto terá que enrubescer; 23quando contemplarem as obras de minhas mãos, hão de honrar meu nome no meio do povo, honrarão o Santo de Jacó, e temerão o Deus de Israel; 24os homens de espírito inconstante conseguirão sabedoria e os maldizentes concordarão em aprender’.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 26 (27)

O Senhor é minha luz e salvação.

– O Senhor é minha luz e salvação; de quem eu terei medo? O Senhor é a proteção da minha vida; perante quem eu tremerei?

– Ao Senhor eu peço apenas uma coisa, e é só isto que eu desejo: habitar no santuário do Senhor por toda a minha vida; saborear a suavidade do Senhor e contemplá-lo no seu templo.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (12/07/2024)

– Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes. Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor!

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 27-31

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– Eis que virá o nosso Deus com poder e majestade, e ele há de iluminar os olhos dos seus servos!

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 27Partindo Jesus, dois cegos o seguiram, gritando: ‘Tem piedade de nós, filho de Davi!’ 28Quando Jesus entrou em casa, os cegos se aproximaram dele. Então Jesus perguntou-lhes: ‘Vós acreditais que eu posso fazer isso?’ Eles responderam: ‘Sim, Senhor.’ 29Então Jesus tocou nos olhos deles, dizendo: ‘Faça-se conforme a vossa fé.’ 30E os olhos deles se abriram. Jesus os advertiu severamente: ‘Tomai cuidado para que ninguém fique sabendo.’ 31Mas eles saíram, e espalharam sua fama por toda aquela região.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Quem é Jesus? Esta pergunta é respondida com muito mais facilidade hoje do que na época em que Jesus andou na Terra. Hoje somos abençoados com incontáveis ​​santos que vieram antes de nós, que ensinaram muito sobre a pessoa de Jesus em espírito de oração e inteligência. Sabemos que Ele é Deus, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, o Salvador do Mundo, o Messias prometido, o Cordeiro sacrificado e muito mais.

O Evangelho acima vem da conclusão do milagre em que Jesus curou dois cegos. Esses homens ficaram impressionados com sua cura e sua emoção os dominou. Jesus os instruiu a “Cuidado para que ninguém saiba sobre esta” cura milagrosa. Mas a empolgação deles não pôde ser contida. Não é que eles foram intencionalmente desobedientes a Jesus; ao contrário, eles não sabiam como expressar sua gratidão sincera, a não ser contar aos outros sobre o que Jesus havia feito.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado (13/07/2024)

Um dos motivos pelos quais Jesus disse a eles para não contarem aos outros sobre Ele é porque Jesus sabia que eles não entendiam totalmente quem Ele era. Ele sabia que o testemunho deles sobre Ele falharia em apresentá-Lo da maneira mais verdadeira. Ele era o Cordeiro de Deus. O salvador. O Messias. O Cordeiro Sacrificial. Ele foi Aquele que veio a este mundo para nos redimir pelo derramamento de Seu sangue. Muitas pessoas, no entanto, queriam um “messias” nacionalista ou apenas um milagreiro. Eles queriam alguém que os salvasse da opressão política e os tornasse uma grande nação terrena. Mas esta não era a missão de Jesus.

Muitas vezes também podemos cair na armadilha de entender mal quem é Jesus e quem Ele quer ser em nossas vidas. Podemos querer um “deus” que nos salve apenas de nossas lutas diárias, injustiças e dificuldades temporais. Podemos querer um “deus” que aja de acordo com a nossa vontade e não o contrário. Queremos um “deus” que nos cure e nos liberte de todos os fardos terrenos. Mas Jesus ensinou claramente ao longo de Sua vida que Ele sofreria e morreria. Ele nos ensinou que devemos tomar nossas próprias cruzes e segui-lo. E Ele nos ensinou que devemos morrer, abraçar o sofrimento, oferecer misericórdia, oferecer a outra face e encontrar nossa glória naquilo que o mundo nunca compreenderá.

Leia mais:  Liturgia Diária – São Bento, abade, Memória, Quinta-feira (11/07/2024)

Reflita, hoje, se Jesus o advertiria sobre falar muito alto sobre sua visão de quem Ele é. Você luta para apresentar um “deus” que não é realmente Deus? Ou já conheceste a própria Pessoa de Cristo nosso Senhor a tal ponto que podes dar testemunho d’Aquele que morreu? Você se vangloria apenas na cruz? Você proclama Cristo crucificado e prega apenas a mais profunda sabedoria de humildade, misericórdia e sacrifício? Comprometa-se novamente com uma verdadeira proclamação de Cristo, deixando de lado toda e qualquer imagem confusa de nosso Deus salvador.

Oração do Dia

Meu verdadeiro e salvador Senhor, eu me comprometo com você e oro para que eu venha a conhecê-lo e amá-lo como você é. Dê-me os olhos de que preciso para vê-lo e a mente e o coração de que preciso para conhecê-lo e amá-lo. Remova de mim qualquer visão falsa de Quem Você é e substitua dentro de mim um verdadeiro conhecimento de Ti, meu Senhor. Ao conhecê-lo, eu me ofereço a Ti para que Tu possa me usar para proclamar sua grandeza a todos. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Apesar da palavra “liturgia” já ser comum na antiguidade, foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser utilizada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos depois, por volta de XVI.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é formada por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, também podem haver duas ou mais Leituras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.