Liturgia Diária – 1ª Semana do Tempo Comum, Sábado (13/01/2024)

Reflexão do Evangelho de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Sábado, 13 de janeiro de 2024.

Acompanhe diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Oração do dia e as Liturgias Diárias com reflexão. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Samuel 9,1-4.17-19;10,1

Leitura do Primeiro Livro de Samuel:

1Havia um homem de Benjamin, chamado Cis, filho de Abiel, filho de Seror, filho de Becorat, filho de Afia, um benjaminita, homem forte e valente. 2Ele tinha um filho chamado Saul, de boa apresentação. Entre os filhos de Israel não havia outro melhor do que ele: dos ombros para cima sobressaía a todo o povo. 3Ora, aconteceu que se perderam umas jumentas de Cis, pai de Saul. E Cis disse a seu filho Saul: “Toma contigo um dos criados, põe-te a caminho e vai procurar as jumentas”. Eles atravessaram a montanha de Efraim 4e a região de Salisa, mas não as encontraram. Passaram também pela região de Salim, sem encontrar nada; e, ainda pela terra de Benjamin, sem resultado algum. 17Quando Samuel avistou Saul, o Senhor lhe disse: “Este é o homem de quem te falei. Ele reinará sobre o meu povo”. 18Saul aproximou-se de Samuel, na soleira da porta, e disse-lhe: “Peço-te que me informes onde é a casa do vidente”. 19Samuel respondeu a Saul: “Sou eu mesmo o vidente. Sobe na minha frente ao santuário da colina. Hoje comereis comigo, e amanhã de manhã te deixarei partir, depois de ter revelado tudo o que tens no coração”. 10,1aNa manhã seguinte, Samuel tomou um pequeno frasco de azeite, derramou-o sobre a cabeça de Saul e beijou-o dizendo: “Com isto o Senhor te ungiu como chefe do seu povo, Israel. Tu governarás o povo do Senhor e o livrará das mãos de seus inimigos, que estão ao seu redor”.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santa Maria Madalena, Segunda-feira (22/07/2024)

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 20 (21)

– Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra!

– Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra; quanto exulta de alegria em vosso auxílio! O que sonhou seu coração, lhe concedestes; não recusastes os pedidos de seus lábios.

– Com bênção generosa o preparastes; de ouro puro coroastes sua fronte. A vida ele pediu e vós lhe destes, longos dias, vida longa pelos séculos.

– É grande a sua glória em vosso auxílio; de esplendor e majestade o revestistes. Transformastes o seu nome numa bênção, e o cobristes de alegria em vossa face.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 2, 13-17

– Aleluia, Aleluia, Aleluia!

– O Espírito do Senhor repousa sobre mim e enviou-me a anunciar aos pobres o evangelho (Lc 4,18);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Levi se levantou e o seguiu. 15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam. 16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: “Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?” 17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: “Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (23/07/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Como você conhece a vontade de Deus para sua vida? Em seu clássico espiritual, Os Exercícios Espirituais, Santo Inácio de Loyola apresentou três maneiras pelas quais conhecemos a vontade de Deus. A primeira forma é a mais clara e definitiva. É um tempo em que a pessoa experimenta uma “clareza além da dúvida” como resultado de uma graça especial de Deus. Ao descrever esta experiência, Santo Inácio menciona a passagem citada acima como ilustração desta experiência.

Pouco se fala sobre esse chamado de Levi no Evangelho de Marcos, que também está registrado no Evangelho de Mateus (Mateus 9:9). Levi, também conhecido como Mateus, estava trabalhando na coleta de impostos em sua alfândega. Parece que Jesus disse apenas estas duas palavras simples a Levi: “Siga-me”. Como resultado destas duas palavras, Levi abandona a sua vida anterior e torna-se um seguidor de Jesus. Por que Levi faria uma coisa dessas? O que foi que o convenceu a seguir Jesus? É evidente que houve muito mais do que apenas um convite de duas palavras de Jesus que o convenceu a responder.

O que convenceu Levi foi uma graça especial de Deus que produziu em sua alma uma “claridade além de qualquer dúvida”. De alguma forma, Levi sabia que Deus o estava chamando para abandonar sua vida anterior e abraçar esta nova vida. Não houve longas discussões, nem pesagens dos prós e contras, nem reflexões prolongadas sobre o assunto. Levi simplesmente sabia e respondeu.

Leia mais:  Liturgia Diária – 16º Domingo do Tempo Comum (21/07/2024)

Embora esta forma de clareza na vida seja rara, é importante estar ciente do fato de que às vezes Deus age desta forma. Este é um grande presente quando isso acontece! E embora esta profundidade de clareza instantânea nem sempre seja a forma como Deus fala conosco, é importante reconhecer que às vezes Deus fala conosco desta forma.

Reflita hoje sobre este chamado de Levi. Reflita sobre essa certeza interior que ele recebeu naquele momento. Tente imaginar o que ele experimentou e o que outros podem ter pensado sobre sua escolha de seguir Jesus. Esteja aberto a esta mesma graça; e se você sentir que Deus fala com você com tanta clareza, esteja pronto e disposto a responder sem hesitação.

Oração do Dia

Meu querido Senhor, obrigado por nos chamar a todos para segui-lo sem hesitação. Obrigado pela alegria de ser Seu discípulo. Dá-me a graça de conhecer sempre a tua vontade para a minha vida e ajuda-me a responder-te com total abandono e confiança. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.