Liturgia Diária – 24ª Semana do Tempo Comum, Sábado (17/09/2022)

Liturgia Diária de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 24ª Semana do Tempo Comum, Sábado, 17 de setembro de 2022.

Receba diariamente a Liturgia Diária Comentada dos Católicos em nosso portal. Acompanhe as Leituras de Evangelho do dia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Coríntios 15, 35-37.42-49

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: 35Alguém perguntará? Como ressuscitam os mortos? 36Insensato! O que semeias, não nasce sem antes morrer. 37E, quando semeias, não semeias o corpo da planta, que há de nascer, mas o simples grão, como o de trigo, ou de alguma outra planta. 42Pois assim será também a ressurreição dos mortos. Semeia-se em corrupção e ressuscita-se em incorrupção. 43Semeia-se em ignomínia, e ressuscita-se em glória. Semeia-se em fraqueza, e ressuscita-se em vigor. 44Semeia-se um corpo animal, e ressuscita-se um corpo espiritual. Se há um corpo animal, há também um espiritual. 45Por isso está escrito: o primeiro homem, Adão, ‘foi um ser vivo’. O segundo Adão é um espírito vivificante. 46Veio primeiro não o homem espiritual, mas o homem natural; depois é que veio o homem espiritual. 47O primeiro homem, tirado da terra, é terrestre; o segundo homem vem do céu. 48Como foi o homem terrestre, assim também são as pessoas terrestres; e como é o homem celeste, assim também vão ser as pessoas celestes. 49E como já refletimos a imagem do homem terrestre, assim também refletiremos a imagem do homem celeste.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 55 (56)

Na presença do Senhor, andarei na luz da vida.

– Meus inimigos haverão de recuar em qualquer dia em que eu vos invocar; tenho certeza: o Senhor está comigo!

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (12/04/2024)

– Confio em Deus e louvarei sua promessa; é no Senhor que eu confio e nada temo: que poderia contra mim um ser mortal?

– Devo cumprir, ó Deus, os votos que vos fiz, e vos oferto um sacrifício de louvor, porque da morte arrancastes minha vida e não deixastes os meus pés escorregarem, para que eu ande na presença do senhor, na presença do Senhor na luz da vida.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 8, 4-15

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– Felizes os que observam a Palavra do Senhor de reto coração e que produzem muitos frutos, até o fim perseverantes! (Lc 8,15);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo: 4Reuniu-se uma grande multidão, e de todas as cidades iam ter com Jesus. Então ele contou esta parábola: 5’O semeador saiu para semear a sua semente. Enquanto semeava, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada e os pássaros do céu a comeram. 6Outra parte caiu sobre pedras; brotou e secou, porque não havia umidade. 7Outra parte caiu no meio de espinhos; os espinhos cresceram juntos, e a sufocaram. 8Outra parte caiu em terra boa; brotou e deu fruto, cem por um.’ Dizendo isso, Jesus exclamou: ‘Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.’ 9Os discípulos lhe perguntaram o significado dessa parábola. 10Jesus respondeu: ‘A vós foi dado conhecer os mistérios do Reino de Deus. Mas aos outros, só por meio de parábolas, para que olhando não vejam, e ouvindo não compreendam. 11A parábola quer dizer o seguinte: A semente é a Palavra de Deus. 12Os que estão à beira do caminho são aqueles que ouviram, mas, depois, vem o diabo e tira a Palavra do coração deles, para que não acreditem e não se salvem. 13Os que estão sobre a pedra são aqueles que, ouvindo, acolhem a Palavra com alegria. Mas eles não têm raiz: por um momento acreditam; mas na hora da tentação voltam atrás. 14Aquilo que caiu entre os espinhos são os que ouvem, mas, com o passar do tempo, são sufocados pelas preocupações, pela riqueza e pelos prazeres da vida, e não chegam a amadurecer. 15E o que caiu em terra boa são aqueles que, ouvindo com um coração bom e generoso, conservam a Palavra, e dão fruto na perseverança.

Leia mais:  Liturgia Diária – Santo Estanislau, bispo e mártir - Memória – Quinta-feira (11/04/2024)

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Essa história familiar identifica quatro maneiras possíveis pelas quais ouvimos a Palavra de Deus. Alguns são como um caminho trilhado, alguns como solo pedregoso, outros como um leito de espinhos e alguns são como solo fértil.

Em cada uma dessas imagens, há uma possibilidade de crescimento com a Palavra de Deus. O solo rico é quando a Palavra é recebida e frutifica. A semente entre os espinhos é quando a Palavra cresce, mas o fruto é sufocado pelas dificuldades e tentações diárias. A semente lançada no solo rochoso resulta no crescimento da Palavra, mas no final morre quando a vida fica difícil. A primeira imagem da semente caindo no caminho, porém, é a menos desejável de todas. Nesse caso, a semente nem cresce. A terra está tão endurecida que não pode afundar. O próprio caminho não fornece nenhum alimento e, como a passagem revela acima, o diabo rouba a Palavra antes que ela possa crescer.

Infelizmente, esse “caminho” está se tornando cada vez mais prevalente em nossos dias. Na verdade, muitos lutam para realmente ouvir. Podemos ouvir, mas ouvir não é o mesmo que realmente ouvir. Muitas vezes temos muito o que fazer, lugares para ir e coisas para ocupar nossa atenção. Como resultado, pode ser difícil para muitas pessoas realmente receberem a Palavra de Deus em seus corações, onde ela possa crescer.

Leia mais:  Liturgia Diária – 2ª Semana da Páscoa – Sábado (13/04/2024)

Reflita, hoje, nas muitas maneiras pelas quais o Diabo pode vir e roubar a Palavra de Deus de você. Pode ser tão simples como mantê-lo tão ocupado que você está distraído demais para absorver isso. Ou pode ser que você permita que o ruído constante do mundo contradiga o que você ouve antes que ele afunde. É essencial que você procure dar, no mínimo, o primeiro passo de ouvir e entender. Uma vez realizado esse primeiro passo, você pode trabalhar para remover as “pedras” e os “espinhos” do solo de sua alma.

Oração do Dia

Meu Senhor revelador, ajuda-me a ouvir a Tua Palavra, ouvi-la, compreendê-la e crer nela. Ajude meu coração a se tornar um solo rico em que você entra para dar uma abundância de bons frutos. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A palavra “liturgia” já era comum nos tempos antigos, mas foi apenas depois dos séculos VIII e IX que a liturgia começou a ser usada pela igreja grega e passando a fazer parte da igreja católica alguns séculos a seguir.

A Liturgia Diária é sempre usada nas missas e existe uma liturgia para cada dia do ano. A Liturgia Diária é dividida em 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Em alguns dias, podem haver duas ou mais Leituras também.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *