Liturgia Diária – 6ª Semana do Tempo Comum, Sábado (18/02/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária da 6ª Semana do Tempo Comum, Sábado, 18 de fevereiro de 2023.

Confira diariamente a Liturgia Diária Hoje dos Católicos em nosso site. Leia aqui a Liturgia de hoje no Mundo dos Católicos: Primeira Leitura, Evangelho e Salmo do Dia.

1ª Leitura

Primeira Leitura (Hb 11,1-7)

Leitura da Carta aos Hebreus.

Irmãos, 1a fé é um modo de já possuir o que ainda se espera, a convicção acerca de realidades que não se veem. 2Foi a fé que valeu aos antepassados um bom testemunho. 3Foi pela fé que compreendemos que o universo foi organizado por uma palavra de Deus. Assim, as coisas visíveis provêm daquilo que não se vê. 4Foi pela fé que Abel ofereceu a Deus um sacrifício melhor que o de Caim; e por causa dela, ele foi declarado justo, pois Deus aprovou a sua oferta. Graças a ela, mesmo depois de morto, Abel ainda fala! 5Foi pela fé que Henoc foi arrebatado, para não ver a morte; e não mais foi encontrado, porque Deus o arrebatou. Antes de ser arrebatado, porém, recebeu o testemunho de que foi agradável a Deus. 6Ora, sem a fé é impossível ser-lhe agradável, pois aquele que se aproxima de Deus deve crer que ele existe e que recompensa os que o procuram. 7Foi pela fé que Noé, avisado divinamente daquilo que ainda não se via, levou a sério o oráculo e construiu uma arca para salvar a sua família. Pela fé, ele se separou do mundo, tornando-se herdeiro da justiça que se obtém pela fé.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 144(145)

— Bendirei o vosso nome pelos séculos, Senhor!

— Todos os dias haverei de bendizer-vos, hei de louvar o vosso nome para sempre. Grande é o Senhor e muito digno de louvores, e ninguém pode medir sua grandeza.

— Uma idade conta à outra vossas obras e publica os vossos feitos poderosos; proclamam todos o esplendor de vossa glória e divulgam vossas obras portentosas!

— Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, e os vossos santos com louvores vos bendigam! Narrem a glória e o esplendor do vosso reino e saibam proclamar vosso poder!

Leia mais:  Liturgia Diária – Cátedra de São Pedro, Apóstolo - Festa, Quinta-feira (22/02/2024)

Evangelho do Dia

Evangelho (Mc 9,2-13)

— Aleluia, aleluia, aleluia.

— Abriram-se os céus e fez-se ouvir a voz do Pai: Eis meu Filho muito amado, escutai-o, todos vós! (Mc 9,7)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 2Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou sozinhos a um lugar à parte sobre uma alta montanha. E transfigurou-se diante deles. 3Suas roupas ficaram brilhantes e tão brancas como nenhuma lavadeira sobre a terra poderia alvejar. 4Apareceram-lhe Elias e Moisés, e estavam conversando com Jesus. 5Então Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: “Mestre, é bom ficarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. 6Pedro não sabia o que dizer, pois estavam todos com muito medo. 7Então desceu uma nuvem e os encobriu com sua sombra. E da nuvem saiu uma voz: “Este é o meu Filho amado. Escutai o que ele diz!” 8E, de repente, olhando em volta, não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus com eles. 9Ao descerem da montanha, Jesus ordenou que não contassem a ninguém o que tinham visto, até que o Filho do Homem tivesse ressuscitado dos mortos. 10Eles observavam esta ordem, mas comentavam entre si o que queria dizer “ressuscitar dos mortos”. 11Os três discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os mestres da Lei dizem que antes deve vir Elias?” 12Jesus respondeu: “De fato, antes vem Elias, para pôr tudo em ordem. Mas, como dizem as Escrituras, que o Filho do Homem deve sofrer muito e ser rejeitado? 13Eu, porém, vos digo: Elias já veio, e fizeram com ele tudo o que quiseram, exatamente como as Escrituras falaram a respeito dele”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

A mensagem da Transfiguração deve tornar-se, para cada um de nós, uma mensagem que inspire a mais profunda esperança ao longo da vida. Por meio desse evento, a glória de Deus foi revelada, os ensinamentos de Moisés e dos profetas foram confirmados, e o Pai enviou a única mensagem que precisamos entender: “Este é o meu Filho amado. Escutai o que ele diz!”. Se pudermos compreender esta verdade e seguir este mandamento, compartilharemos eternamente das glórias reveladas pela Transfiguração.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sexta-feira (23/02/2024)

Para começar, considere o fato de que esta revelação, pela qual o véu humano da carne de Jesus foi levantado, deixou Pedro e os outros discípulos em um estado de reverência santa. Pedro queria permanecer na montanha com Seu Senhor transfigurado para sempre. Compare isso com sua escolha de fugir quando Jesus foi preso e depois negar que ele conhecia Jesus. Quando ele viu o sacrifício de Jesus começar, ele correu e se escondeu. Mas aqui, quando vê a glória de Jesus, quer ficar com Ele para sempre.

A primeira lição que podemos tirar dessa passagem é que é muito mais fácil abraçar a glória do que o sacrifício. É muito mais fácil escolher o que dá consolo do que o que resulta em medo e confusão. E embora isso seja compreensível da perspectiva da humanidade caída, certamente é algo que devemos trabalhar para corrigir em nossa vida espiritual, assim como Pedro finalmente corrigiu em sua vida.

A Transfiguração foi dada a esses discípulos, em parte, para ajudá-los no caminho, pois o Pai os convidou a abraçar uma vida de sacrifício. Eventualmente, eles ficariam cara a cara com suas próprias cruzes e teriam que tomar uma decisão sobre se aceitariam essas cruzes por amor. Sacrifício significa exatamente isso: abraçar o sofrimento por amor. Uma coisa que ajuda alguém a escolher o amor sacrificial é saber o que esse sacrifício produz. Isso é o que a Transfiguração forneceu. Ao ver a glória transfigurada de Jesus, Pedro, Tiago e João foram capazes de deduzir em suas mentes e corações que o sacrifício que Jesus predisse acabaria em glória eterna.

Embora você provavelmente nunca tenha tido a experiência de ver a glória transfigurada de Jesus com seus próprios olhos, muitos receberam consolo espiritual em vários momentos da vida. Quando isso acontecer, queremos que eles permaneçam. Mas raramente o fazem. Em vez disso, Deus nos dá apenas um vislumbre de Sua glória para que possamos nos apegar a essa memória e usá-la quando mais precisarmos. E chegarão os momentos em que ouviremos e obedeceremos à voz do Pai. “Este é o meu Filho amado. Escutai o que ele diz!”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 1ª Semana da Quaresma, Sábado (24/02/2024)

Reflita, hoje, sobre o fato de que o Jesus que está agora na glória é o mesmo Jesus que andou na terra. Ele é o mesmo Jesus cujos ensinamentos estão registrados nas Escrituras. O mesmo Jesus que sofreu injustiça. E o mesmo Jesus que ressuscitou vitoriosamente. Nossas vidas estão cheias de muitas experiências, como aconteceu com Jesus. Portanto, a única forma de unir todas as experiências que temos na vida é seguir o mandamento do Pai. “Ouça-o.” Ouça a voz do Salvador. Siga-O até a montanha da consolação. Permaneça com Ele em todo sofrimento e cruz. E ouça tudo o que Ele ensina. Se o fizer, um dia você será, de fato, convidado a permanecer com Ele na glória para sempre.

Oração do Dia

Senhor transfigurado, junto com Pedro, eu também desejo permanecer para sempre convosco. Dê-me a graça de que preciso para sempre permanecer contigo, não importa onde Tu me leves. Que eu permaneça contigo em cada sacrifício que me for pedido, em cada sofrimento que suportar e em cada consolação que abençoar a minha alma. Que eu sempre ouça a Ti e obedeça à Tua santa Palavra. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Além da Liturgia Diária Hoje, é comum que nas missas o celebrante, faça uma reflexão do Evangelho do Dia logo após a sua leitura. Esta reflexão é feita geralmente por interpretação livre.

O principal ponto da Liturgia Diária, é o Mistério Pascal, que descreve a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo e a sua ascensão ao reino de Deus.

Foto de Mundo dos Católicos

Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não encontrou o que busca?

Faça uma busca abaixo.