Liturgia Diária – Tempo do Natal antes da Epifania, Quinta-feira (04/01/2024)

Evangelho de Hoje

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 4 de janeiro de 2024.

Confira diariamente a Liturgia Diária de Hoje dos Católicos em nosso site. Primeira Leitura, Evangelho de Hoje e Oração do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (1Jo 3,7-10)

Leitura da Primeira Carta de São João.

7 Filhinhos, que ninguém vos desencaminhe. O que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. 8 Aquele que comete o pecado é do diabo, porque o diabo é pecador desde o princípio. Para isto é que o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do diabo. 9 Todo aquele que nasceu de Deus não comete pecado, porque a semente de Deus fica nele; ele não pode pecar, pois nasceu de Deus. 10 Nisto se revela quem é filho de Deus e quem é filho do diabo: todo o que não pratica a justiça não é de Deus, nem aquele que não ama seu irmão.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Salmo 97 (98)

— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

— Aplauda o mar com todo ser que nele vive, o mundo inteiro e toda gente! As montanhas e os rios batam palmas e exultem de alegria!

— Na presença do Senhor, pois ele vem, vem julgar a terra inteira. Julgará o universo com justiça e as nações com equidade.

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 1,35-42)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Depois de ter falado, no passado, aos nossos pais, pelos profetas, muitas vezes, em nossos dias Deus falou-nos por seu Filho. (Hb 1,1-2)

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sábado (13/07/2024)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 35 João estava de novo com dois de seus discípulos 36 e, vendo Jesus passar, disse: “Eis o Cordeiro de Deus!” 37 Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. 38 Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: “Que estais procurando?” Eles disseram: “Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?” 39 Jesus respondeu: “Vinde ver”. Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde. 40 André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram Jesus. 41 Ele foi logo encontrar seu irmão Simão e lhe disse: “Encontramos o Messias (que quer dizer: Cristo)”. 42 Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: “Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas” (que quer dizer: Pedra).

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão da Liturgia Diária

Que troca interessante. André foi um dos dois discípulos de João Batista que ouviu João dizer que Jesus era o “Cordeiro de Deus”. Como resultado, André e o outro discípulo deixaram o Batista e começaram a seguir Jesus fisicamente. Quando começaram a seguir Jesus, Ele se voltou para eles e perguntou o que procuravam. E a resposta deles, seguida do convite de Jesus, está registrada acima.

O convite de Jesus foi único: “Vinde e vereis”. Com esse convite, estes dois discípulos foram e permaneceram com Jesus naquele dia. Mas não foi só isso que aconteceu. Fica claro na passagem subsequente que, ao passar o dia com Jesus, esses dois discípulos passaram a ter fé em quem Jesus era. Mais tarde na passagem, André vai até seu irmão Pedro para lhe dizer: “Encontramos o Messias”. O que houve no dia deles com Jesus que os convenceu de quem Ele era?

Leia mais:  Liturgia Diária – 15º Domingo do Tempo Comum (14/07/2024)

Embora os detalhes da sua estadia com Jesus não estejam incluídos no Evangelho, parece claro que simplesmente estar na presença de Jesus é tudo o que estes discípulos precisam. Considere, novamente, o duplo convite de Jesus: “Venha…” seguido de “e você verá”.

Quando nosso Senhor fala a cada um de nós, Seu convite é bastante semelhante. Primeiro, Ele nos convidará para ir com Ele. Devemos ir ao lugar onde Jesus está hospedado. Onde fica isso? Para nós, não é necessariamente um lugar físico; é antes de tudo um lugar de oração. Devemos ouvir Jesus convidar-nos a ir até Ele através do caminho interior da oração pessoal. É lá, no fundo da nossa alma, que descansaremos com o nosso Senhor. Ele nos convida a simplesmente estar presentes em Sua presença divina.

Quando vamos a Ele e descansamos com Ele em Sua presença, outra coisa acontecerá: “e vocês verão”. Nós O veremos, iremos conhecê-Lo, seremos iluminados por Ele e teremos fé Nele. A princípio, isso acontece pela Sua Palavra falada. Em última análise, isto acontece através de uma revelação interior que só podemos receber na oração.

Reflita hoje sobre este gentil convite que nosso Senhor fez a esses discípulos. Ao ponderar sobre essas palavras, ouça-as sendo ditas também a você. A princípio, passe algum tempo refletindo apenas sobre a palavra “venha”. Permita que isso penetre em sua alma. Permita que isso se torne profundamente pessoal. Saiba que é um convite real e amoroso de Jesus. Depois disso, tente passar algum tempo refletindo sobre as palavras “e você verá”. O que é que Deus quer que você veja? Que revelação pessoal de fé Deus deseja conceder a você? “Venha e você verá.” Permita que estas palavras mudem a sua vida, assim como mudaram a vida destes primeiros discípulos de nosso Senhor.

Leia mais:  Liturgia Diária – 14ª Semana do Tempo Comum, Sexta-feira (12/07/2024)

Oração do Dia

Senhor, você continuamente me convida a ir até você, estar com você e sentar-se com você em sua presença divina. Por favor, ajude-me a ouvir este gentil convite do Seu amor. Ao fazer isso, por favor, abra os olhos da minha alma para vê-lo, conhecê-lo e amá-lo mais plenamente. E ao te ver, dá-me graça e força para segui-lo onde quer que você me leve. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Até meados do século XVI não havia para a liturgia diária uma padronização ou norma que caracterizava a sua obrigatoriedade, no entanto, foram Pio V e Clemente III que a implementaram. E posteriormente, através do Concílio Vaticano II onde a Liturgia teve a sua mais recente atualização, trazendo mais relevância à Sagrada Escritura na liturgia da palavra.

A liturgia é composta pela primeira leitura, segunda leitura, além do salmo do dia e o evangelho, e faz parte de toda missa celebrada pela Igreja Católica. A Liturgia Diária é única para cada dia do ano, portanto, naquele dia determinado, todas as igrejas católicas se fazem da mesma leitura.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.