Liturgia Diária – Tempo do Natal antes da Epifania, Quinta-feira (05/01/2023)

Salmo do Dia

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 5 de janeiro de 2023.

Leia diariamente a Liturgia do Dia aqui no Mundo dos Católicos. Primeira Leitura e o Evangelho do Dia. Acompanhe a Liturgia de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira Leitura (1Jo 3,11-21)

Leitura da Primeira Carta de São João.

11Caríssimos: Esta é a mensagem que ouvistes desde o início: que nos amemos uns aos outros, 12não como Caim, que, sendo do Maligno, matou o seu irmão. E por que o matou? Porque as suas obras eram más, ao passo que as do seu irmão eram justas. 13Não vos admireis, irmãos, se o mundo vos odeia. 14Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte. 15Todo aquele que odeia o seu irmão é um homicida. E vós sabeis que nenhum homicida conserva a vida eterna dentro de si. 16Nisto conhecemos o amor: Jesus deu a sua vida por nós. Portanto, também nós devemos dar a vida pelos irmãos. 17Se alguém possui riquezas neste mundo e vê o seu irmão passar necessidade, mas, diante dele fecha o seu coração, como pode o amor de Deus permanecer nele?

18Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca, mas com ações e de verdade! 19Aí está o critério para saber que somos da verdade e para sossegar diante dele o nosso coração, 20pois se o nosso coração nos acusa, Deus é maior que o nosso coração e conhece todas as coisas. 21Caríssimos, se o nosso coração não nos acusa, temos confiança diante de Deus.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 99(100), 2.3.4.5 (R. 2a)

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira!

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos!

— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus. Ele mesmo nos fez, e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho.

— Entrai por suas portas dando graças, e em seus átrios com hinos de louvor; dai-lhe graças, seu nome bendizei!

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sexta-feira (19/04/2024)

— Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente!

Evangelho do Dia

Evangelho (Jo 1,43-51)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Um dia sagrado brilhou para nós: nações, vinde todas adorar o Senhor: pois hoje desceu grande luz sobre a terra.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor

Naquele tempo, 43Jesus decidiu partir para a Galileia. Encontrou Filipe e disse: “Segue-me”. 44Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro. 45Filipe encontrou-se com Natanael e lhe disse: “Encontramos aquele de quem Moisés escreveu na Lei, e também os profetas: Jesus de Nazaré, o filho de José”. 46Natanael disse: “De Nazaré pode sair coisa boa?” Filipe respondeu: “Vem ver!” 47Jesus viu Natanael que vinha para ele e comentou: “Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade”. 48Natanael perguntou: “De onde me conheces?” Jesus respondeu: “Antes que Filipe te chamasse, enquanto estavas debaixo da figueira, eu te vi”.

49Natanael respondeu: “Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel”. 50Jesus disse: “Tu crês porque te disse: Eu te vi debaixo da figueira? Coisas maiores que esta verás!” 51E Jesus continuou: “Em verdade, em verdade, eu vos digo: Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem”.

— Palavra da Salvação

— Glória a vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Lembre-se de que na passagem anterior do Evangelho de João, André foi até seu irmão Pedro para lhe dizer que havia encontrado o Messias. Como resultado, Pedro foi ver Jesus e também se tornou Seu discípulo. Temos uma história semelhante na passagem do Evangelho de hoje que acontece logo após a história do Evangelho de João. Depois que Jesus chamou Filipe para ser um discípulo, Filipe imediatamente foi procurar seu irmão, Natanael, para lhe contar as boas novas. Como resultado, uma vez que Natanael teve um breve encontro com Jesus, Natanael se converteu, dizendo: “Rabi, tu és o Filho de Deus; tu és o rei de Israel”.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Quinta-feira (18/04/2024)

Em certo sentido, podemos dizer que a conversão é contagiosa. Uma vez que Deus chama uma alma boa e humilde para segui-lo e essa alma responde, essa pessoa quase sempre é compelida a compartilhar sua conversão com outras pessoas que ama. E quando eles compartilham a conversão de seu coração com outro, seu ente querido muitas vezes fica intrigado, possivelmente até se convertendo.

A conversão é realmente contagiosa! Isso ocorre porque quando chegamos a conhecer a Deus, nos apaixonamos por Ele e escolhemos segui-Lo, a alegria e a convicção de nossa conversão de coração são coisas que naturalmente queremos compartilhar com os outros. Queremos que os outros experimentem a paz espiritual e a alegria que encontramos ao descobrir Cristo conosco.

Portanto, isso levanta a questão: seu amor a Deus afetou outras pessoas em sua vida? Se a resposta for “Sim”, isso é algo pelo qual você deve agradecer. Mas se a resposta for “Não”, talvez valha a pena ponderar porque não. Embora possa não ser sua culpa, é bom examinar se você primeiro se permitiu experimentar verdadeiramente uma profunda conversão a Cristo e depois ponderar se você está aberto a compartilhar seu coração com os outros.

Então comece com a primeira pergunta. Você já se permitiu passar verdadeiramente por uma conversão a Cristo? Uma conversão terá vários graus. A princípio, uma conversão muda o rumo de nossas vidas, abrindo nossos olhos para ver o que realmente importa na vida. Descobrimos a glória de Deus e a realização que vem de abraçar a Sua vontade. Quando isso acontece, a alma inicialmente convertida frequentemente começa a se afastar de todo pecado grave, a orar, a ler as Escrituras e a manifestar essas mudanças aos outros.

Mas as conversões não são apenas um evento único. São João da Cruz, por exemplo, não mede esforços para explicar que, à medida que uma pessoa avança na vida de santidade, chegará um momento em que ela deverá passar por uma conversão totalmente nova. O seguimento de Cristo os levará a outra e mais profunda mudança de vida. Não se contente com apenas uma conversão inicial. Busque também o processo contínuo de mudança que é exigido pelo compromisso de seguir a Cristo.

Leia mais:  Liturgia Diária – 3ª Semana da Páscoa – Sábado (20/04/2024)

Quanto à segunda pergunta, se sua própria conversão inspirou ou não aqueles que você ama a seguir a Cristo, simplesmente ore para que Deus o use como Ele deseja. Esteja aberto a Ele, não tenha medo de abrir seu coração e trabalhe para permitir que a alegria de seguir a Cristo irradie de sua própria vida. Se os outros estiverem abertos, então Deus os tocará através de você.

Reflita, hoje, sobre essas duas questões fundamentais da vida espiritual e renove seu compromisso com um processo de mudança ao longo da vida, bem como uma abertura para permitir que Deus toque os outros através de você. No final, essas duas coisas são tudo o que realmente importa na vida e na eternidade.

Oração do Dia

Senhor de toda a santidade, por favor, continuamente me aproxime de Ti. Ajuda-me a me converter em minha vida, a abandonar todo pecado e escolher seguir-Te de todo o coração. Ajude-me também a estar aberto em minha jornada de fé para que outros vejam tudo o que você está fazendo em mim e recebam seu convite, através de mim, para segui-lo. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

Utilizada nas missas, a Liturgia Diária também pode ser utilizada em outras celebrações. E também pode ser usada em outros momentos como em Grupos de Orações ou para meditar a Palavra do Dia.

E apesar da igreja celebrar o Mistério de Cristo durante todos os dias do ano, o ponto central é o domingo. É neste dia que os católicos devem ir obrigatoriamente à missa como forma de cumprir um dos Cinco Mandamentos da Igreja Católica.

Dessa forma, a Liturgia Diária é a ação do povo de Deus em uniformidade. Durante a celebração da missa, a Liturgia Diária pode ser praticada através de gestos, sinais ou palavras.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *