Liturgia Diária – São Mateus, Apóstolo e Evangelista, Quinta-feira (21/09/2023)

Liturgia Diária

Liturgia Diária

Liturgia Diária de Quinta-feira, 21 de setembro de 2023.

Confira diariamente a Homilia do Evangelho do Dia dos Católicos em nosso site. Acompanhe a Primeira Leitura, Evangelho do dia e Homilia do Evangelho de hoje aqui no Mundo dos Católicos.

1ª Leitura

Primeira leitura: Efésios 4, 1-7.11-13

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios:

Irmãos: 1Eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes: 2Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor. 3Aplicai-vos a guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz. 4Há um só Corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados. 5Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, 6um só Deus e Pai de todos, que reina sobre todos, age por meio de todos e permanece em todos. 7Cada um de nós recebeu a graça na medida em que Cristo lha deu. 11E foi ele quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres. 12Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo, 13até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude.

– Palavra do Senhor

– Graças a Deus

Salmo

Salmo 18 (19A)

– Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.

– Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.

– Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

Evangelho do Dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 9-13

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Terça-feira (28/05/2024)

– Aleluia, Aleluia, Aleluia.

– A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos; vos louva, ó Senhor, o coro dos apóstolos.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 9Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: ‘Segue-me!’ Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: ‘Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?’ 12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: ‘Aqueles que têm saúde nóo precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: `Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores’.

– Palavra da Salvação

– Glória a Vós, Senhor

Reflexão da Liturgia Diária

Pouco antes desta passagem citada acima, Jesus viu Mateus, um cobrador de impostos, sentado em seu posto alfandegário cobrando impostos. Jesus caminhou até ele e disse um palavra simples: “Segue-me”. O que Mateus fez? Ele se levantou e seguiu Jesus e o convidou para uma refeição em sua casa. Quando os fariseus viram isso, agiram com julgamento e crueldade. Eles disseram: “Por que o seu professor come com cobradores de impostos e pecadores?” A reação deles e a resposta subsequente de Jesus a eles dizem muito sobre a bondade de nosso Senhor.

Quando Jesus disse que Ele “não veio chamar os justos, mas os pecadores”, Ele não estava falando dos verdadeiramente justos. Por exemplo, a pessoa mais justa que existia naquela época, além de Jesus, era Sua querida mãe. E podemos ter a certeza de que Jesus não só a chamou, mas que ela sempre respondeu de todo o coração. No entanto, Jesus estava falando daqueles que eram “hipócritas”. Uma pessoa hipócrita é aquela que se considera muito bem, ignorando a verdade de Deus, mas optando, em vez disso, por elevar sua própria imagem aos seus próprios olhos e aos olhos dos outros. Simplificando, ser hipócrita é acreditar numa mentira e, na verdade, acreditar na pior das mentiras. É a pior das mentiras porque esse pecado tem o efeito de fazer com que a pessoa permaneça obstinada e presa em seu pecado. A pessoa hipócrita não vê necessidade de arrependimento ou mudança em sua vida. Portanto, eles não estão abertos à Palavra de Deus e a permitir que essa Palavra os transforme.

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Quarta-feira (29/05/2024)

São Mateus, a quem hoje homenageamos, era diferente. Ele era realmente um pecador. Muito provavelmente ele era ganancioso e excessivamente apegado ao dinheiro. Os cobradores de impostos não eram muito considerados naquela época porque eram judeus que trabalhavam para os romanos e, portanto, eram vistos como traidores do seu próprio povo. Além disso, eram vistos como ladrões, pois muitas vezes extorquiam mais do que deveriam receber para poder embolsar parte do dinheiro. Por esta razão, muitos judeus também temiam os cobradores de impostos porque sabiam que os cobradores de impostos tinham o apoio de Roma nesta atividade ilícita.

O que é surpreendente é que Jesus se aproximou de Mateus, o pecador e cobrador de impostos, e o chamou com confiança para ser um seguidor. Muito provavelmente, Jesus podia ver o que estava no seu coração. Ele sabia que Mateus não estava feliz com sua vida e estava procurando por mais. Portanto, assim que Jesus o chamou para segui-lo, fica claro que algo aconteceu na alma de Mateus. O fato de ele ter se levantado e seguido nosso Senhor mostra que a atração espiritual por Jesus era muito mais poderosa do que seu desejo por riquezas terrenas.

Esta mesma verdade se aplica a cada um de nós. Não importa o que nos atrai e não importa o quanto buscamos satisfação na vida, a verdade sobrenatural é que só há uma coisa que irá satisfazer. Poderíamos ter todo o dinheiro do mundo, todo o poder e prestígio terreno, e ainda assim, no fundo das nossas almas, não encontraremos paz até que nos voltemos para Jesus e O sigamos. Algumas pessoas aprendem esta verdade cedo na vida, algumas mais tarde na vida, e algumas nunca a descobrem.

Leia mais:  Liturgia Diária – 8ª Semana do Tempo Comum, Segunda-feira (27/05/2024)

Reflita hoje sobre o quão satisfeito você está com sua vida. Está faltando alguma coisa? Nesse caso, observe seus objetivos e prioridades na vida. Em que você passa a maior parte do tempo pensando, falando e sonhando acordado? Se não é nosso Senhor quem ocupa sua mente, coração e todos os desejos, então você pode esperar que experimentará descontentamento na vida. Nesse caso, recorra ao testemunho de São Mateus. Ele é hoje um santo porque respondeu ao convite de Jesus para abandonar a sua vida de pecado e de ganância para segui-lo na pobreza. Mas naquela pobreza mundana e no abandono das coisas terrenas, São Mateus tornou-se abundantemente rico e assim permanecerá para sempre no Céu.

Oração do Dia

Senhor de toda satisfação, Tu chamas todo o Teu povo para Te seguir. Por favor, abra minha mente e meu coração para esse chamado, para que eu possa não apenas ouvi-lo, mas também responder de todo o coração. Por favor, ajude-me a me desapegar das coisas deste mundo que me afastam de Ti, para que eu possa segui-lo onde quer que Tu me leves. Jesus eu confio em vós.

A Liturgia Diária para os Católicos

A palavra “liturgia” já era comum na antiguidade, mas depois dos séculos VIII e IX é que a liturgia passou a ser usada pela igreja grega e fazendo parte da igreja católica também.

A Liturgia Diária é utilizada nas missas e existe uma liturgia diferente para cada dia do ano. A Liturgia Diária é composta por 3 partes: a Leitura, o Salmo e o Evangelho do dia. Mas em alguns dias, também podem ter duas ou mais Leituras também.

Sobre o Autor

Mundo dos Católicos
Mundo dos Católicos

Somos um portal Católico que traz diariamente a Liturgia com a reflexão do evangelho para toda a comunidade Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *